Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

O papel dos microRNAs: miR-21, miR-221 e miR-222 em meningiomas e sua correlação com os mecanismos de angiogênese e apoptose (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVA, CRISTIANE IOZZI - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCA
  • Subjects: MENINGIOMA; RNA; APOPTOSE; NEOPLASIAS
  • Language: Português
  • Abstract: Os meningiomas correspondem, aproximadamente a cerca de 13-26% de todos os tumores primários, com uma incidência anual de 6 por 100.000 habitantes. Os meningiomas são originários da membrana aracnóide, sendo o segundo, tumor do sistema nervoso central mais comum, acometendo 22% de todos os tumores intracranianos. Considerando que os processos da angiogênese e apoptose são cruciais para o crescimento tumoral, desenvolver possibilidades terapêuticas para bloquear e interromper a angiogênese e/ou apoptose seriam uma estratégia promissora. Os microRNAs tem mostrado um papel na regulação do desenvolvimento tumoral, a elucidação do seu envolvimento com o mecanismo de angiogênese e apoptose em meningiomas pode trazer melhores subsidias para a elucidação das diversas alterações moleculares envolvidas nesse tipo de tumor. Objetivo desse estudo foi quantificar a expressão dos microRNAs miR-221, miR-222, e miR-21 em meningiomas graus I e II e correlacionar a expressão desses microRNAs com o mecanismo de angiogênese através da expressão gênica do VEGF-A e com o mecanismo de apoptose através da expressão gênica da SURVIVIN. Como controle foram utilizadas amostras de aracnóide de pacientes submetidos a cirurgia de aneurisma. As quantificações foram realizadas pelo método de PCR em tempo real. Os meningiomas grau I e II apresentam menor expressão do microRNA-21 e do microR-221 quando comparado com o grupo controle. A expressão do microRNA-222 foi maior nos meningiomas grau I em relação ao grupo controle. Os meningiomas grau I e grau II apresentaram maior expressão do gene VEGF-A e SURVIVIN em relação ao grupo controle. Estes resultados sugerem o envolvimento do mecanismo de angiogênese e apoptose pelos genes VEGF-A e SURVIVIN. Não houve correlação entre a expressão dos microRNAs e dos genes estudados com os parâmetros clínicos gênero, raça e localização tumoral
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.05.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Cristiane Iozzi; CARLOTTI JR., Carlos Gilberto. O papel dos microRNAs: miR-21, miR-221 e miR-222 em meningiomas e sua correlação com os mecanismos de angiogênese e apoptose. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Silva, C. I., & Carlotti Jr., C. G. (2011). O papel dos microRNAs: miR-21, miR-221 e miR-222 em meningiomas e sua correlação com os mecanismos de angiogênese e apoptose. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Silva CI, Carlotti Jr. CG. O papel dos microRNAs: miR-21, miR-221 e miR-222 em meningiomas e sua correlação com os mecanismos de angiogênese e apoptose. 2011 ;
    • Vancouver

      Silva CI, Carlotti Jr. CG. O papel dos microRNAs: miR-21, miR-221 e miR-222 em meningiomas e sua correlação com os mecanismos de angiogênese e apoptose. 2011 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019