Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Fatores de redução da mortalidade infantil em Franca - SP em 2006: a contribuição do Ambulatório de Crianças de Alto-Risco e da Pastoral da Criança (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SOUZA, VALDOMIRO JOSÉ DE - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RMS
  • Subjects: MORTALIDADE INFANTIL (REDUÇÃO); AMBULATÓRIOS; CRIANÇAS; RISCO
  • Language: Português
  • Abstract: A mortalidade infantil no mundo, desde tempos remotos, foi sempre um grave problema para os povos. Durante muitos séculos a humanidade assistiu impotente, em decorrência dos poucos recursos de que dispunha a medicina, ao elevado número de mortes. Com o avanço da técnica persistiu em várias partes do mundo o altíssimo número de mortes, levando-nos à constatação de que o problema não diz respeito somente à tecnologia médica, mas está imbuído de outros componentes, como o político, o social, o educacional, o saneamento básico, o nutricional, entre vários outros possíveis. Em termos de Franca houve um considerável recuo na taxa da mortalidade infantil, variando de 35,29 para 11,5 por mil nascidos vivos, no período de 1980 a 2006. Neste município a principal causa da mortalidade infantil está associada ao baixo-peso ao nascer e à prematuridade. Em 1998 foi criado o Ambulatório de Crianças de Alto-Risco (ACAR), com o objetivo de concentrar os casos de risco em um único núcleo de atendimento, proporcionando atenção diferenciado e acompanhamento do desenvolvimento da criança, através de recursos públicos. O referido serviço celebrou parceria com a Pastoral da Criança, em 2006, com o fim de implementar ações conjuntas que favorecessem os pacientes de difícil recuperação. O objetivo deste estudo foi descrever os indicadores de crianças atendidas no Ambulatório de Crianças de Alto-Risco e crianças acompanhadas na Pastoral da Criança, analisando como esses dois serviços podem ter contribuído, junto às políticas públicas, para a redução da mortalidade infantil no município de Franca. Utilizou-se da metodologia descritiva e modelos não lineares de regressão para a modelagem dos dados. Foram levantados no ACAR prontuários de crianças nascidas em 2006 e residentes em Franca. Montou-se, após, um banco de dados contendo informações sobre sexo, peso, índice de Apgar de 1°. e 5°. minutos, idadegestacional, diagnóstico e hospital de procedência de n = 75 crianças acompanhadas no serviço. O peso foi a principal variável a ser mensurada. Empregando as curvas de Jenss-Bayley, sobrepostos aos percentis 1%, 5% e 50% de referência, de acordo com os padrões da WHO, os resultados mostraram que, de maneira geral, o peso das crianças pré-termo e de baixo-peso, se aproxima do referencial "ideal" de 50%, por volta dos 15 meses. O catch up de crescimento das crianças, tende a ser atingido em menos de dois anos e fortemente nos 12 primeiros meses. Na amostra estudada observou-se o número de sobrevivência de 97,3%, com apenas duas mortes. Na Pastoral, buscou-se informações em 550 fichas, sendo selecionada uma amostra de n = 13 crianças. Estudou-se as variáveis peso, sexo e o número de visitas às crianças. Também as crianças acompanhadas pela Pastoral tiveram ganho significativo de peso. Outros elementos estudados, como empenho, amor, missão e comprometimento, embora não possam ser mensurados por modelos estatísticos, representou um ganho para os pacientes do Ambulatório de Crianças de Alto-Risco
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.05.2011

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200057571Souza, Valdomiro José de
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUZA, Valdomiro José de; MARTINEZ, Edson Zangiacomi. Fatores de redução da mortalidade infantil em Franca - SP em 2006: a contribuição do Ambulatório de Crianças de Alto-Risco e da Pastoral da Criança. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Souza, V. J. de, & Martinez, E. Z. (2011). Fatores de redução da mortalidade infantil em Franca - SP em 2006: a contribuição do Ambulatório de Crianças de Alto-Risco e da Pastoral da Criança. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Souza VJ de, Martinez EZ. Fatores de redução da mortalidade infantil em Franca - SP em 2006: a contribuição do Ambulatório de Crianças de Alto-Risco e da Pastoral da Criança. 2011 ;
    • Vancouver

      Souza VJ de, Martinez EZ. Fatores de redução da mortalidade infantil em Franca - SP em 2006: a contribuição do Ambulatório de Crianças de Alto-Risco e da Pastoral da Criança. 2011 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: