Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Caracterização das gelatinases no gânglio trigeminal durante o desenvolvimento de inflamação crônica temporomandibular em ratos (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: NASCIMENTO, GLAUCE CRIVELARO DO - FORP
  • USP Schools: FORP
  • Sigla do Departamento: 805
  • Subjects: DOR FACIAL; ODONTALGIA; INFLAMAÇÃO; ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR; METALOPROTEINASES
  • Language: Português
  • Abstract: A dor é um importante sintoma que sinaliza danos teciduais ou agentes potencialmente prejudiciais ao organismo, evocando respostas sensoriais e motoras de proteção. A dor orofacial apresenta alta prevalência na sociedade atual, sendo esta condição associada a tecidos duros e moles da cabeça, face, pescoço e a estruturas intraorais. Considerando as dores orofaciais de origem músculo-esquelética, destacam-se àquelas causadas pela Disfunção Temporomandibular (DTM). A DTM apresenta etiologia multifatorial, caracterizada por quadros crônicos envolvendo a região cervical, a musculatura mastigatória e a articulação temporomandibular (ATM). Desde que a inflamação das ATMs é considerada a principal causa da dor em pacientes portadores de DTM, a busca por novas opções terapêuticas para esta disfunção envolve estudos desta articulação, abrangendo aspectos fisiológicos, morfológicos e moleculares. Considerando o processo inflamatório e os aspectos moleculares envolvidos no desenvolvimento desta condição, é possível que as enzimas proteolíticas extracelulares, destacando-se as Metaloproteinases da Matriz (MMPs), as quais estão envolvidas na reabsorção de colágeno e de outras macromoléculas, tenham participação ativa neste processo. Em particular, estudos demonstraram que as MMPs estão envolvidas na modulação da dor neuropática, bem como estão presentes no líquido sinovial de portadores de inflamação da ATM. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da administração do Adjuvant de Freund (CFA) intraarticular, bilateralmente nas ATMs de ratos, na sensibilidade mecânica e nociceptiva, bem como avaliar a expressão das MMPs, em particular da MMP-2 e MMP-9, no gânglio trigeminal, nas diferentes fases de desenvolvimento da inflamação. Os resultados mostraram que a inflamação das ATMs promoveu alodinia mecânica e hiperalgesia orofacial. Em adição, a administraçãode doxiciclina (inibidor inespecífico das MMPs) reduziu as alterações na sensibilidade mecânica e nociceptiva. A quantificação das MMPs no gânglio trigeminal demonstrou que o início da inflamação promove aumento da MMP-9 (1 e 3 dias), enquanto que nas fases tardias do processo inflamatório acompanha-se o aumento da expressão da MMP-2 (3, 7 e 10 dias)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.05.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FORP11700013821Nascimento, Glauce Crivelaro do
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NASCIMENTO, Glauce Crivelaro do; LEITE PANISSI, Christie Ramos Andrade. Caracterização das gelatinases no gânglio trigeminal durante o desenvolvimento de inflamação crônica temporomandibular em ratos. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-09052011-134157/ >.
    • APA

      Nascimento, G. C. do, & Leite Panissi, C. R. A. (2011). Caracterização das gelatinases no gânglio trigeminal durante o desenvolvimento de inflamação crônica temporomandibular em ratos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-09052011-134157/
    • NLM

      Nascimento GC do, Leite Panissi CRA. Caracterização das gelatinases no gânglio trigeminal durante o desenvolvimento de inflamação crônica temporomandibular em ratos [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-09052011-134157/
    • Vancouver

      Nascimento GC do, Leite Panissi CRA. Caracterização das gelatinases no gânglio trigeminal durante o desenvolvimento de inflamação crônica temporomandibular em ratos [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-09052011-134157/