Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A educação de pessoas com deficiência visual: inclusão escolar e preconceito (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: OLIVA, DIANA VILLAC - IP
  • USP Schools: IP
  • Sigla do Departamento: PSA
  • Subjects: INCLUSÃO ESCOLAR; PRECONCEITO; TEORIA CRÍTICA; SOCIEDADE
  • Language: Português
  • Abstract: O debate sobre a inclusão escolar se fortaleceu no Brasil e no mundo em meados da década de 1990. Segundo o Censo Escolar da Educação Básica de 2009, 61% das matrículas na educação especial foram realizadas em classes comuns de escolas regulares ou na educação de jovens e adultos, contra 39% de matrículas em escolas especializadas e classes especiais. Com isto, há, hoje, mais alunos matriculados em classes regulares do que em segregadas. A ausência de concordância em estudos dos últimos anos sobre o tema da inclusão escolar, além de expressar as contradições da própria sociedade, revela a importância de novas pesquisas para que, em conjunto, apontem os caminhos a serem seguidos. Neste sentido, esta pesquisa, que consiste em um estudo de caso, tem como objetivo geral: compreender o cotidiano escolar de um aluno com deficiência visual (DV) que frequenta classe regular, assim como preconceitos e atitudes em relação a ele dentro da escola. O referencial teórico adotado foi a teoria crítica da sociedade. Os dados foram coletados em uma escola regular particular de uma cidade de médio porte do interior paulista. Foram realizadas observações em sala e no recreio, entrevista com uma aluna com DV, entrevistas com professores e coordenação da escola, e aplicação do sociograma em uma sala de aula da 8ª série / 9º ano. As observações e entrevistas foram analisadas de acordo com a técnica de análise de conteúdo: pré-análise, descrição analítica e interpretação inferencial. Cadainstrumento foi analisado e interpretado individualmente e, posteriormente, os dados foram integrados para a análise geral. Os dados coletados apontaram que, no cotidiano escolar da aluna com DV, há situações de inclusão e de exclusão. A interação com colegas é satisfatória, embora mais efetiva no recreio do que em sala de aula. Essa boa interação foi confirmada pelo sociograma, pois a aluna com DV apresentou sutil preferência. No entanto, a ausência de adaptações curriculares para a acessibilidade resulta na exclusão do conteúdo, que é passado sinteticamente à aluna, de forma que, embora sua socialização pareça preservada, sua aprendizagem está sendo parcialmente negligenciada. Ela é marginalizada em sala, pois há barreiras à sua incorporação da cultura. A não existência de trabalhos cooperativos na sala e a presença de barreiras à aprendizagem e à participação indicam que a escola tem como foco o desempenho dos alunos normovisuais e uma busca competitiva e pragmática por resultados. Esses dados sugerem a reprodução da ideologia da racionalidade tecnológica. A análise também aponta que essa escola dá maior ênfase à adaptação em detrimento da emancipação de seus alunos, o que pode colaborar para a pseudoformação de todos. O acesso à escola regular para as pessoas com deficiência visual é um ganho na história da pessoa com deficiência. Ainda assim, é preciso que pesquisas e ações voltem-se à educação de qualidade para todos, a fim de que cada vez mais nos aproximemos de umasociedade verdadeiramente inclusiva e a violência em qualquer forma de manifestação seja reduzida
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.05.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IP12300028231T LC1200 O48e e.1
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVA, Diana Villac; CROCHIK, Jose Leon. A educação de pessoas com deficiência visual: inclusão escolar e preconceito. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-24052011-172502/ >.
    • APA

      Oliva, D. V., & Crochik, J. L. (2011). A educação de pessoas com deficiência visual: inclusão escolar e preconceito. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-24052011-172502/
    • NLM

      Oliva DV, Crochik JL. A educação de pessoas com deficiência visual: inclusão escolar e preconceito [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-24052011-172502/
    • Vancouver

      Oliva DV, Crochik JL. A educação de pessoas com deficiência visual: inclusão escolar e preconceito [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-24052011-172502/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: