Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Interações hormonais no crescimento de raízes de tomateiro (Solanum Lycopersicum L. cv Micro-Tom) sob estresse osmótico (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GOMES, ANA MARIA FIGUEIRA - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Subjects: BALANÇO HÍDRICO; HORMÔNIOS VEGETAIS; MUTAÇÃO VEGETAL; RAIZ; TOMATE
  • Language: Português
  • Abstract: O tomateiro (Solanum lycopersicum) tornou-se importante ferramenta para estudos de genética e fisiologia nos últimos anos, devido à disponibilidade de mutantes, incluindo aqueles com alterações hormonais. Nesta cultura, a cultivar ornamental miniatura de tomateiro Micro-Tom (MT) tem sido utilizada como modelo genético em vários estudos, visto que produz frutos e sementes viáveis em vasos de apenas 50-100 ml de substrato, completando o ciclo em setenta a noventa dias. Este trabalho foi feito com o intuito de gerar informações que possam colaborar para a compreensão dos mecanismos que determinam a sensibilidade das raízes ao estresse hídrico. Para tal, foram criados duplos mutantes hormonais homozigóticos da cultivar MT, sendo posteriormente usados para verificar o papel das interações hormonais ABA-Etileno no controle do crescimento da raiz sob condições de estresse osmótico. O estudo é relevante pelo fato de que o entendimento dos mecanismos de controle hormonal no crescimento radicular poderá auxiliar a pesquisa de melhoramento genético para a obtenção de plantas tolerantes à seca, o que representaria avanço na agricultura, principalmente para regiões de clima árido e semiárido. Os experimentos foram realizados no Laboratório de Controle Hormonal do Desenvolvimento Vegetal da ESALQ-USP, onde foram produzidos genótipos de cinco duplos mutantes: diagetropica/sitiens (dgt/sit), diagetropica/epinastic (dgt/epi), diagetropica/Never ripe (dgt/Nr), sitiens/epinastic (sit/epi) e Never ripe/sitiens (Nr/epi) em homozigose em BC6Fn. Sementes germinadas de (MT) e de mutantes de sitiens (sit), Never ripe (Nr) e o duplo mutante Nrsit foram colocadas em tratamento com PEG 6000 em diferentes potenciais osmóticos. Também foram realizados experimentos com ácido cloro-2-etil fosfônico (CEPA), um liberador de etileno (Ethrel), e o inibidor da síntese do mesmo, o aminoetoxivinilglicina (AVG), sendo avaliados os parâmetros como crescimento radicular, caulinar, razão raiz/hipocótilo e conteúdo relativo de água (CRA). Observouse que baixos potencias osmóticos inibem mais o caule que a raiz, e que o estresse osmótico moderado (-0.6 MPa) favoreceu o crescimento da raiz e da razão raiz/hipocótilo em MT, principalmente em sit e, em menor extensão, na raiz de Nr/sit. Esse crescimento não foi observado em Nr. No mutante sit, em -1.1 MPa, observou-se inchaço radicular semelhante ao provocado pela presença de etileno. Em menor extensão, esse inchaço também foi observado no duplo mutante Nr/sit. Quando adicionado Ethrel, houve inibição do crescimento radicular em sit e MT, sendo também observado um pouco de inibição no mutante insensível a etileno, Nr. Em estresse moderado (-0.6 MPa), a inibição foi mais severa do que em água para MT, mas não para sit, até a dose de 1 µM. A inibição do etileno causada pelo AVG resultou em uma maior diferença entre água e -0.6 MPa, sendo o último mais inibido. Pode-se concluir que, em condições de déficit hídrico moderado, há aumento radicular e da razão/hipocótilo quando comparados a condições normais de suprimento de água. Tais constatações são importantes porque podem ajudar no desenho de práticas agronômicas que podem levar a maior economia de água, bem como aumento da eficiência de uso de água pelas plantas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.08.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500120510t635.642 G633i e.2 101015
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GOMES, Ana Maria Figueira; PERES, Lazaro Eustaquio Pereira. Interações hormonais no crescimento de raízes de tomateiro (Solanum Lycopersicum L. cv Micro-Tom) sob estresse osmótico. 2011.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11144/tde-12092011-151109/ >.
    • APA

      Gomes, A. M. F., & Peres, L. E. P. (2011). Interações hormonais no crescimento de raízes de tomateiro (Solanum Lycopersicum L. cv Micro-Tom) sob estresse osmótico. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11144/tde-12092011-151109/
    • NLM

      Gomes AMF, Peres LEP. Interações hormonais no crescimento de raízes de tomateiro (Solanum Lycopersicum L. cv Micro-Tom) sob estresse osmótico [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11144/tde-12092011-151109/
    • Vancouver

      Gomes AMF, Peres LEP. Interações hormonais no crescimento de raízes de tomateiro (Solanum Lycopersicum L. cv Micro-Tom) sob estresse osmótico [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11144/tde-12092011-151109/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: