Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Planejamento sistemático das unidades de conservação no Estado do Tocantins (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FERREIRA, MARIANA NAPOLITANO E - IB
  • USP Schools: IB
  • Sigla do Departamento: BIE
  • Subjects: ÁREAS DE CONSERVAÇÃO; PLANEJAMENTO AMBIENTAL; BIODIVERSIDADE
  • Language: Português
  • Abstract: O crescimento dos sistemas de áreas protegidas nas últimas décadas é considerado um dos maiores esforços da humanidade para conter a atual crise da biodiversidade. No entanto, a cobertura da superfície global por áreas protegidas é um indicador simplificado, sendo necessário ir mais além e avaliar se os sistemas de áreas protegidas representam os diferentes componentes da biodiversidade e processos ecológicos e se estão sendo geridos de forma efetiva para garantir a manutenção da biodiversidade no longo prazo. O objetivo geral do presente estudo foi realizar uma análise da efetividade de gestão e representatividade biológica do sistema de unidades de conservação (UCs) no Estado do Tocantins, avaliando como os diferentes níveis de gestão de áreas protegidas podem interferir nos processos de planejamento sistemático da conservação. Os resultados indicaram a existência de lacunas significativas na implementação das áreas protegidas existentes, apesar do desempenho relativamente bom em alguns elementos. As quatro ameaças mais importantes para o sistema de UCs avaliado foram: infraestrutura, queimadas descontroladas, caça e pecuária. A análise da distribuição de 109 espécies de vertebrados e plantas indicou a presença de padrões biogeográficos claros na biota do Tocantins, que coincidem com padrões relatados por outros autores para alguns grupos taxônomicos. No entanto, lacunas significativas foram observadas tanto na proteção das espécies, quanto na representação dos elementosbióticos identificados. Para testar os impactos dos baixos valores de efetividade e altos valores de ameaças das UCs no planejamento do sistema, reduzimos o estado de conservação das áreas protegidas em 25% e 50%. Isso resultou em acréscimos de 250.000 ha e 590.000 ha, respectivamente, no sistema de áreas protegidas, necessário ao cumprimento das metas de conservação. A representatividade dos sistemas de áreas protegidas depende da persistência da biodiversidade dentro dessas áreas, que é reconhecidamente comprometida por níveis elevados de ameaça associados à efetividade de gestão incipiente. Portanto, sugerimos que o estado de conservação da biodiversidade dentro das áreas protegidas seja incorporado a exercícios de planejamento sistemático de conservação. A definição de prioridades para a criação de novas áreas protegidas deve fazer parte de um planejamento integrado, que aborde também a consolidação de áreas protegidas existentes e estratégias mais amplas para mitigar os efeitos dos fatores principais da perda de biodiversidade fora das reservas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.06.2011
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERREIRA, Mariana Napolitano e; PIVELLO, Vania Regina. Planejamento sistemático das unidades de conservação no Estado do Tocantins. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-21092011-094809/ >.
    • APA

      Ferreira, M. N. e, & Pivello, V. R. (2011). Planejamento sistemático das unidades de conservação no Estado do Tocantins. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-21092011-094809/
    • NLM

      Ferreira MN e, Pivello VR. Planejamento sistemático das unidades de conservação no Estado do Tocantins [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-21092011-094809/
    • Vancouver

      Ferreira MN e, Pivello VR. Planejamento sistemático das unidades de conservação no Estado do Tocantins [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41134/tde-21092011-094809/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019