Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

E chi se ne frega?: análise, reflexões e propostas para o tratamento lexicográfico de verbos italianos conjugados com mais de uma partícula pronominal (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTOS, ROSELI DORNELLES DOS - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLM
  • Subjects: LÍNGUA ITALIANA (GRAMÁTICA); VERBO; DICIONÁRIOS BILÍNGUES; LEXICOGRAFIA; ENSINO DE LÍNGUA ESTRANGEIRA
  • Language: Português
  • Abstract: Verbos conjugados com mais de uma partícula pronominal, tais como farcela, fregarsene e cavarsela, são frequentes na língua italiana, sendo facilmente encontráveis em jornais e na literatura, sobretudo na variante neostandard. Entretanto, não apresentam uma denominação consolidada nas gramáticas e dicionários, podendo ser classificados como verbi procomplementari, verbi sintagmatici, verbi frasali, verbos pronominais ou verbos reflexivos. Para realizarmos esta pesquisa, utilizamos a nomenclatura verbos pronominais múltiplos (VPMs) com base em Simone (1996). Tratando sobre a formação dos VPMs, analisamos como o processo de aglutinação das partículas pronominais ao verbo produz estruturas de significado sintagmático que, como tais, representam uma dificuldade para os aprendizes de italiano LE, semelhante ao que acontece com os phrasal verbs da língua inglesa, aos quais já foram comparados. A partir de um corpus de análise de 72 VPMs, obtidos em dicionários monolíngues e jornais italianos on-line, investigamos a presença e o tratamento lexicográfico dos VPMs no corpus documental, formado por três dicionários bilíngues português italiano. Sob o prisma da Lexicografia Pedagógica bilíngue, analisamos as características da macro e microestrutura dos dicionários bilíngues do corpus documental, verificando quais opções lexicográficas foram adotadas e quais poderiam ser favoráveis ao aprendiz de italiano LE. O papel do dicionário como instrumento pedagógico e de autonomia do aprendizna aquisição aprendizagem da LE permeou a investigação. A análise culminou na elaboração de um modelo de verbete e em algumas amostras de verbetes na direção italiano português para os VPMs
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.05.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH20900103171T SANTOS, ROSELI DORNELLES DOS 2011
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Roseli Dornelles dos; BACCIN, Paola Giustina. E chi se ne frega?: análise, reflexões e propostas para o tratamento lexicográfico de verbos italianos conjugados com mais de uma partícula pronominal. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8148/tde-20082011-174646/ >.
    • APA

      Santos, R. D. dos, & Baccin, P. G. (2011). E chi se ne frega?: análise, reflexões e propostas para o tratamento lexicográfico de verbos italianos conjugados com mais de uma partícula pronominal. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8148/tde-20082011-174646/
    • NLM

      Santos RD dos, Baccin PG. E chi se ne frega?: análise, reflexões e propostas para o tratamento lexicográfico de verbos italianos conjugados com mais de uma partícula pronominal [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8148/tde-20082011-174646/
    • Vancouver

      Santos RD dos, Baccin PG. E chi se ne frega?: análise, reflexões e propostas para o tratamento lexicográfico de verbos italianos conjugados com mais de uma partícula pronominal [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8148/tde-20082011-174646/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: