Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Por que o Brasil de ve se tornar sócio do ESO: para a astronomia brasileira crescer e se tornar um ator global, é preciso que haja acesso dos astônomos nacionais a essa infraestrutura (2010)