Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A influência da dieta rica em gordura, do exercício físico e da composição corporal na carcinogênese colônica em ratos Wistar (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FERNANDES, CLEVERSON RODRIGUES - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: NEOPLASIAS DO COLON; GORDURAS NA DIETA; EXERCÍCIO FÍSICO
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo: Avaliar os efeitos do exercício físico, da dieta rica em gordura e composição corporal na prevenção do câncer de cólon, através de biomarcadores relacionados à carcinogênese colônica em ratos Wistar. Metodologia: A dieta controle (C) foi a dieta padrão Purina para ratos, e a dieta rica em gordura (G) foi a dieta padrão acrescida com 14,6% de gordura animal. O carcinógeno utilizado foi o 1,2 dimetilhidraz (d). Os protocolos de natação tiveram como diferencial o tempo de exercício, que foi de 20 minutos (E20) ou 90 minutos (E90), 5 dias por semana, durante 8 semanas. Os grupos sedentários (S) não praticaram exercício. Os 96 animais foram divididos aleatoriamente em 12 grupos: seis grupos foram alimentados com a dieta controle (CS, CSd, CE20, CE20d, CE90, CE9Od) e seis com a dieta rica em gordura (GS, GSd, GE20, GE20d, GE90, GE9Od). Resultados: Todos os resultados foram comparados ao grupo CS. A dieta rica em gordura foi eficiente para o ganho de peso. O exercício causou perda de peso em todos os grupos, exceto no grupo CE20. A área de gordura abdominal estava reduzida nos grupos CE20, CE90, CE9Od e aumentada em GS, GSd, GE20, GE20d e GE90. A área de gordura visceral estava reduzida nos grupos CE20, CE20d, CE90, CE9Od e elevada no grupo GS. O colesterol total reduzido nos grupos CE90, CE9Od e elevado no grupo GS. O triglicerídeo reduzido nos grupos em CSd, CE20, CE20d, CE90, CE9Od. A glicose estava elevada apenas no grupo GS. No tecido colônico, o malondialdeído (MDA) estava elevado nos grupos CSd, GS e GSd e a glutationa reduzida (GSH) apresentou uma diminuição de concentração em todos os grupos que receberam a dieta rica em gordura. A proliferação celular estava elevada em todos os grupos que receberam o DMH. A ciclooxigenase-2 (COX-2) aumentada nos grupos CSd, CE20d, GS, GSd, GE20, GE20d e GE9Od. A caspase-3 estava elevada em todos os grupos, exceto em CE20, GS, GSd e GE20.A hiperplasia das células epiteliais do cólon foi observada nos grupos CSd, CE20d, CE9Od e em todos os grupos que consumiram a dieta rica em gordura. Conclusão: Concluímos que 20 minutos de exercício físico associados a uma alimentação balanceada são suficientes para a prevenção do câncer de cólon, entretanto quando associado a um consumo de dieta rica em gordura, alguns marcadores avaliados apresentaram resultados satisfatórios apenas nos grupos que realizaram 90 minutos de exercício físico. Sugerindo que a prescrição do exercício para a prevenção do câncer de cólon poderia ser melhor aproveitada se fosse baseada no padrão alimentar e composição corporal
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.07.2011

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200057516Fernandes, Cleverson Rodrigues
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERNANDES, Cleverson Rodrigues; GARCIA, Sérgio Britto. A influência da dieta rica em gordura, do exercício físico e da composição corporal na carcinogênese colônica em ratos Wistar. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Fernandes, C. R., & Garcia, S. B. (2011). A influência da dieta rica em gordura, do exercício físico e da composição corporal na carcinogênese colônica em ratos Wistar. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Fernandes CR, Garcia SB. A influência da dieta rica em gordura, do exercício físico e da composição corporal na carcinogênese colônica em ratos Wistar. 2011 ;
    • Vancouver

      Fernandes CR, Garcia SB. A influência da dieta rica em gordura, do exercício físico e da composição corporal na carcinogênese colônica em ratos Wistar. 2011 ;