Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Soil-plant-atmosphere water transfer mechanisms and their relation to crop water stress (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: DURIGON, ANGELICA - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LER
  • Subjects: ÁGUA DO SOLO (DISPONIBILIDADE); BALANÇO HÍDRICO (MODELAGEM); FEIJÃO; RELAÇÃO SOLO-ÁGUA-PLANTA-ATMOSFERA
  • Language: Inglês
  • Abstract: Parametrizações mecanísticas descrevem fisicamente a interação das plantas com o ambiente baseando-se em processos fundamentais, como assimilação de líquida de CO2 e extração da água do solo pelas raízes, influenciados pelas condições do ambiente. O objetivo principal dessas rotinas é aumentar o entendimento do sistema estudado pela integração quantitativa e qualitativa do conhecimento em um modelo de simulação dinâmica do sistema real. Definindo estresse hídrico como a condição em que uma planta aumenta a resistência estomática em conseqüência do aumento da demanda atmosférica e/ou da redução da disponibilidade hídrica no solo, tem-se como hipótese que o déficit hídrico em plantas é causado por fatores ambientais relacionados com as interfaces solo-raiz e folha-atmosfera. O objetivo geral desse estudo é identificar quais são as variáveis do solo e da atmosfera determinantes e que devem ser consideradas na modelagem da deficiência hídrica em plantas. Os teores de água no solo e na atmosfera foram monitorados em condições de campo durante o desenvolvimento da cultura de feijão (Phaseolus vulgaris L.) entre Junho e Setembro de 2010, e correlacionados ao estresse hídrico caracterizado por medições de temperatura do dossel. As variáveis de interesse, especificamente o potencial matricial da água do solo, a temperatura e a umidade do ar e a temperatura do dossel foram medidas regularmente em intervalos de 30 minutos. A taxa de transpiração e a condutância estomática foram medidas ocasionalmente. Uma parcela foi irrigada durante todo o ciclo da cultura (tratamento totalmente irrigada), enquanto a outra foi submetida ao estresse hídrico na fase reprodutiva (tratamento com déficit de irrigação). A metodologia utilizada neste estudo deu suporte à hipótese inicial. Os principais fatores relacionados à interface solo-raiz são as propriedadeshidráulicas do solo, especialmente a condutividade hidráulica e da densidade de comprimento radicular; na interface atmosfera de folhas, os fatores mais importantes são o déficit de pressão de vapor do ar atmosférico VPD. Estes fatores devem ser considerados de alguma forma na modelagem estresse hídrico em plantas. A detecção da ocorrência de estresse hídrico nas plantas no tratamento com déficit de irrigação foi feito por comparações entre o VPD e diferença de temperatura entre o dossel e o ar tdossel-ar e entre tdossel e a temperatura do bulbo úmido twb dos dois tratamentos hídricos. O início do estresse hídrico nas plantas com déficit de irrigação ocorreu em 05 de Agosto. As simulações com os modelos mecanísticos de extração da água do solo pelas raízes proposto por Jong van Lier et al. (2008) e de assimilação de CO2 proposto por Jacobs (1994) foram feitos com os dados de ambos os tratamentos. O modelo de extração foi sensível aos parâmetros hidráulicos do solo, especialmente a condutividade hidráulica e o comprimento radicular. A taxa de transpiração estimada pelo modelo de Jacobs (1994) mostrou-se dependente da temperatura do dossel utilizada para calcular o déficit de umidade específica folha-ar Ds e a condutância do mesofilo, do próprio Ds (dependente também da temperatura do ar), e do índice de área foliar
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.09.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500120896t635.652 D962s e.2 101259
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DURIGON, Angelica; LIER, Quirijn de Jong van. Soil-plant-atmosphere water transfer mechanisms and their relation to crop water stress. 2011.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11131/tde-20102011-101032/ >.
    • APA

      Durigon, A., & Lier, Q. de J. van. (2011). Soil-plant-atmosphere water transfer mechanisms and their relation to crop water stress. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11131/tde-20102011-101032/
    • NLM

      Durigon A, Lier Q de J van. Soil-plant-atmosphere water transfer mechanisms and their relation to crop water stress [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11131/tde-20102011-101032/
    • Vancouver

      Durigon A, Lier Q de J van. Soil-plant-atmosphere water transfer mechanisms and their relation to crop water stress [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11131/tde-20102011-101032/