Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Medidores químicos de comportamentos integrantes do processo de aprovisionamento e postura das células de cria (POP) em Scaptotrigona aff. depilis (Hymenoptera, Apidae), Meliponini (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVA, FILIPI ROGÉRIO - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 592
  • Subjects: ENTOMOLOGIA; HIDROCARBONETOS
  • Language: Português
  • Abstract: Nas abelhas sem ferrão, operárias e rainhas são bem diferenciados com relação à fisiologia, comportamento e morfologia. As operarias são as responsáveis pela manutenção da colônia, e executam as diferentes tarefas de acordo com a idade enquanto a rainha apresenta função reprodutiva, sendo responsável pela postura de ovos que originarão operárias, machos e outras rainhas. A oviposição é realizada em células construídas por jovens operárias, que também se encarregam de prover o alimento que irá suprir o desenvolvimento do ovo até o individuo adulto. O estimulo para o aprovisionamento das células de cria pode ocorrer de diferentes formas entre as espécies de abelhas sem ferrão, sendo a ação de feromônios um dos prováveis desencadeadores do processo. Embora alguns trabalhos especulassem os possíveis estimulas para o processo, não há na literatura estudos a respeito dos compostos químicos envolvidos no POP (do inglês, Provisioning anti Oviposition Process). Dessa forma, foram feitas análises buscando responder questões relativas à idade e ao perfil de hidrocarbonetos cuticulares dos indivíduos envolvidos no POP, bem como dos prováveis compostos voláteis desencadeadores do processo em Scaptotrigona aff. depilis. Operárias de seis a 16 dias de idade estão envolvidas nas atividades do POP. A oviposição da rainha ocorre em grupos dentro do mesmo POP e o padrão de construção de células é do tipo Acessivo, com aprovisionamento misto. A maior parte dos compostos cuticulares identificados foram hidrocarbonetos, com cadeias entre 21 e 33 átomos de carbono. Os grupos analisados apresentaram diferenças estatísticas de acordo com a idade/tarefa das operarias. Operárias envolvidas no POP não apresentaram diferenças significativas com o grupo controle em relação aos compostos voláteis. As amostras com a fibra de SPME (micro-extração em fase sólida) mostraram que oscompostos voláteis obtidas durante o POP foram os mesmos que do grupo controle, indicando que em S. aff. depilis não ocorrem estimulas químicos desencadeando o processo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.07.2011

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Filipi Rogério; ZUCCHI, Ronaldo. Medidores químicos de comportamentos integrantes do processo de aprovisionamento e postura das células de cria (POP) em Scaptotrigona aff. depilis (Hymenoptera, Apidae), Meliponini. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Silva, F. R., & Zucchi, R. (2011). Medidores químicos de comportamentos integrantes do processo de aprovisionamento e postura das células de cria (POP) em Scaptotrigona aff. depilis (Hymenoptera, Apidae), Meliponini. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Silva FR, Zucchi R. Medidores químicos de comportamentos integrantes do processo de aprovisionamento e postura das células de cria (POP) em Scaptotrigona aff. depilis (Hymenoptera, Apidae), Meliponini. 2011 ;
    • Vancouver

      Silva FR, Zucchi R. Medidores químicos de comportamentos integrantes do processo de aprovisionamento e postura das células de cria (POP) em Scaptotrigona aff. depilis (Hymenoptera, Apidae), Meliponini. 2011 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019