Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Cinética celular na endometriose profunda infiltrativa de reto-sigmoide: estudo anátomo-clínico (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BASSI, MARCO ANTONIO - FM
  • USP Schools: FM
  • Sigla do Departamento: MOG
  • Subjects: ENDOMÉTRIO; INTESTINO GROSSO; DNA; APOPTOSE; GENES; PROTEÍNAS
  • Keywords: Apoptosis; Bowel; DNA topoisomerase type II; DNA topoisomerases tipo II; Endometriose; Endometriosis; Genes p53; Protein c-erbB-2; Proteína c-erbB-2
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: A endometriose, uma doença benigna, tem características invasivas com potencial proliferativo. O desenvolvimento das lesões pode ocorrer em decorrência de crescimento celular glandular e/ou estromal ou de alterações na cinética celular. Cinética celular refere-se ao equilíbrio entre a morte celular, ou apoptose, e a proliferação celular, que pode ser avaliada pela expressão de fatores de crescimento como, por exemplo, a topoisomerase 2-alfa (TOP2A). Também influenciam a cinética celular oncoproteínas como p53 e c-erB2, conhecidas por interferir na apoptose, podendo resultar em oncogênese. OBJETIVOS: O objetivo principal deste estudo foi comparar a cinética celular da endometriose infiltrativa de retosigmoide com a do endométrio eutópico de pacientes sem endometriose. Para tanto, foi avaliada a expressão de apoptose e de TOP2A bem como das oncoproteínas p53 e c-erB2. MÉTODOS: Foram obtidas amostras de lesões de endometriose envolvendo o reto-sigmoide de 60 mulheres com a doença e amostras de endométrio eutópico de 20 mulheres sem endometriose. A expressão de TOP2A e das proteínas p53 e c-erB2 foram quantificadas por técnica imuno-histoquímica. Método TUNEL foi utilizado para analisar os padrões de apoptose, que resultaram em índice de apoptose (IA). Índice de proliferação celular (IP) foi determinado a partir do nível de expressão de TOP2A. Índice de renovação celular (IRC) foi calculado pela razão entre IP e IA. As análises imuno-histoquímicas foram realizadas tanto no tecido endometrial como um todo, quanto nos componentes estromal e glandular separadamente. Coeficiente de Correlação de Spearman foi aplicado para identificar eventuais correlações entre variáveis clínicas, morfológicas (tamanho, quantidade e nível de invasão das lesões) e experimentais. RESULTADOS: Na análise da amostra do tecido como um todo, não foram evidenciadas diferenças entre os grupos exeriemental e controle emrelação ao IA (p = 0,389). Por outro lado, o IP foi significativamente maior nas amostras-controle (p < 0,001). Na avaliação em que se sepaxii raram as células estromais dos componentes glandulares, tanto o IP quanto o IRC foram significativamente maiores no grupo-controle em comparação com o grupo experimental (IP estromal: p = 0,006; IP glandular: p = 0,001; IRC estromal: p =0,032; IRC glandular: p = 0,007). Nas pacientes com endometriose, foi encontrada correlação entre IP e IRC glandular e o número de lesões (p = 0,003). Também foi observada correlação entre o IRC glandular e o tamanho das lesões (p = 0,006). Não houve diferença entre os grupos no que se refere à expressão de p53 e cerB2. CONCLUSÕES: A cinética celular se mostrou alterada em pacientes com endometriose do reto-sigmoide, conforme demonstrado pela redução nos níveis e na frequência de TOP2A, e pelos IP e IRC mais baixos; entretanto, apoptose e as expressões de p53 e c-erB2 se mostraram inalteradas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.09.2011
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BASSI, Marco Antonio; PODGAEC, Sérgio. Cinética celular na endometriose profunda infiltrativa de reto-sigmoide: estudo anátomo-clínico. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5139/tde-23112011-191633/ >.
    • APA

      Bassi, M. A., & Podgaec, S. (2011). Cinética celular na endometriose profunda infiltrativa de reto-sigmoide: estudo anátomo-clínico. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5139/tde-23112011-191633/
    • NLM

      Bassi MA, Podgaec S. Cinética celular na endometriose profunda infiltrativa de reto-sigmoide: estudo anátomo-clínico [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5139/tde-23112011-191633/
    • Vancouver

      Bassi MA, Podgaec S. Cinética celular na endometriose profunda infiltrativa de reto-sigmoide: estudo anátomo-clínico [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5139/tde-23112011-191633/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019