Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Diadococinesia laríngea e qualidade vocal em idosos pós-acidente vascular encefálico (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BERALDINELLE, ROBERTA - FOB
  • USP Schools: FOB
  • Sigla do Departamento: BAF
  • Subjects: ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL; DISTÚRBIOS DA VOZ; DISARTRIA
  • Language: Português
  • Abstract: As seqüelas envolvidas nos acidentes vasculares encefálicos podem comprometer o funcionamento de diversos mecanismos, inclusive os responsáveis pela fala e voz. Desse modo, torna-se importante compreender a interface entre as manifestações vocais e o controle motor laríngeo em indivíduos idosos acometidos por acidente vascular encefálico (AVE). O objetivo deste estudo é correlacionar os resultados da diadococinesia laríngea com os aspectos perceptivo-auditivos das vozes idosos pós-acidente vascular encefálico. Participaram do estudo 29 idosos (15 homens e 14 mulheres) acometidos por AVE. Foi realizada a análise da Diadococinesia (DDC) laríngea, utilizando o programa Motor Speech Profile Advanced, da KayPentax. Também foi realizada a análise perceptivo-auditiva da voz, com base no Protocolo CAPE-V. Os resultados da DDC laríngea foram correlacionados com os resultados da análise perceptivo-auditiva da voz por meio dos Testes de Correlação de Pearson e de Spearman (p<0,05). Os resultados demonstraram haver correlação entre DDC laríngea e análise perceptivo-auditiva da voz quanto aos parâmetros de velocidade, instabilidade da duração da DDC, bem como instabilidade de intensidade. Desse modo, houve correlações entre: Grau Geral e velocidade da DDC (mP e mT) no grupo total e no grupo feminino; instabilidade da duração da DDC (dpP, cvP e jitP) no grupo total e feminino e instabilidade de intensidade (cvI) no grupo masculino. A rugosidade se correlacionou com: a velocidade (mP/a/) no grupo feminino; instabilidade do período da DDC no grupo total e feminino (dpP, cvP e jitP do /i/), bem como masculino (cvP do /i/); instabilidade de intensidade no grupo masculino (cvI /i/). A soprosidade se correlacionou com a velocidade da DDC no grupo total (mT /a/) e masculino (mP e mT /a/). Houve correlação entre tensão e: velocidade da DDC no grupo feminino (mP/a/) e masculino (mP/i/),instabilidade do período da DDC no grupo total (dpP e cvP do /a/) e instabilidade da intensidade da DDC para os homens (cvI /i/), sendo que no grupo total quanto maior a tensão, menos instável a DDC do /a/. A instabilidade do Cape-V da vogal /a/ se correlacionou com a instabilidade de duração do período (cvP/a/) para os homens e instabilidade da intensidade (cvI /a/) da DDC no grupo total e feminino. A pastosidade foi correlacionada com: velocidade da DDC (mP e mT do /i/), instabilidade da duração (dpP e jitP do /i/) e instabilidade da intensidade da DDC (cvI /a/), no grupo total e masculino. Os resultados indicam que, quanto maior o grau de desvio vocal, mais lenta e/ou instável é a DDC para 96% das correlações significativas encontradas. Os resultados demonstraram haver correlação entre qualidade vocal e diadococinesia laríngea em homens e mulheres idosas pós Acidente Vascular Encefálico, sendo que o padrão de instabilidade da DDC demonstrou ser distinto de acordo com cada gênero.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.08.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FOB11600036313B45d
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BERALDINELLE, Roberta; BRASOLOTTO, Alcione Ghedini. Diadococinesia laríngea e qualidade vocal em idosos pós-acidente vascular encefálico. 2011.Universidade de São Paulo, Bauru, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-18012012-111252/publico/RobertaBeraldinelle_Rev.pdf >.
    • APA

      Beraldinelle, R., & Brasolotto, A. G. (2011). Diadococinesia laríngea e qualidade vocal em idosos pós-acidente vascular encefálico. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-18012012-111252/publico/RobertaBeraldinelle_Rev.pdf
    • NLM

      Beraldinelle R, Brasolotto AG. Diadococinesia laríngea e qualidade vocal em idosos pós-acidente vascular encefálico [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-18012012-111252/publico/RobertaBeraldinelle_Rev.pdf
    • Vancouver

      Beraldinelle R, Brasolotto AG. Diadococinesia laríngea e qualidade vocal em idosos pós-acidente vascular encefálico [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-18012012-111252/publico/RobertaBeraldinelle_Rev.pdf

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: