Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Caracterização do comportamento fluência-recuperação de ligantes asfálticos modificados virgens e envelhecidos (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: DOMINGOS, MATHEUS DAVID INOCENTE - EESC
  • USP Schools: EESC
  • Sigla do Departamento: STT
  • Subjects: POLÍMEROS (MATERIAIS); ASFALTO; LIGANTES
  • Language: Português
  • Abstract: O ensaio de fluência e recuperação sob tensão múltipla (MSCR) é resultado do aperfeiçoamento do ensaio de fluência repetida e recuperação (RCRT) pela Administração Rodoviária Federal dos Estados Unidos (FHWA) e tem por objetivo avaliar o percentual de recuperação, a compliância não-recuperável e a dependência dos ligantes asfálticos, especialmente os modificados, quanto ao nível de tensão. O MSCR foi utilizado neste estudo para caracterizar o comportamento fluência-recuperação de diversos ligantes asfálticos modificados virgens e envelhecidos a curto prazo. Foi empregado o procedimento da norma ASTM D7405, que prescreve os tempos de fluência e recuperação de 1 e 9 s, e avaliada a influência do aumento dos tempos de fluência e recuperação de 1 e 9 s para 2 e 18 s nas propriedades dos ligantes asfálticos envelhecidos a curto prazo. Além dos resultados destes ensaios, foram utilizados os valores de penetração, ponto de amolecimento, viscosidade rotacional, penetração retida, incremento do ponto de amolecimento, incremento de viscosidade e perda de massa para verificar quais ligantes asfálticos apresentam melhor comportamento à luz das propriedades e parâmetros considerados. Foram preparados doze materiais modificados e de classificação PG 76-XX tendo como base um CAP 50/70 de classificação PG 64-XX: CAP+PPA, CAP+Elvaloy+PPA, CAP+borracha, CAP+borracha+PPA, CAP+SBS, CAP+SBS+PPA, CAP+EVA, CAP+EVA+PPA, CAP+PE, CAP+PE+PPA, CAP+SBR e CAP+SBR+PPA. O CAP+Elvaloy+PPA apresenta, em um contexto geral, o melhor desempenho nas propriedades e parâmetros analisados em virtude dos bons resultados do percentual de recuperação e da compliância não-recuperável e das menores sensibilidades à tensão. O CAP+PE apresenta o pior desempenho geral dentre os materiais estudados, na medida em que os resultados do percentual de recuperação e dacompliância não-recuperável deste ligante asfáltico são ruins e as sensibilidades ao aumento nos tempos de fluência e recuperação de 1 e 9 s para 2 e 18 s são elevadas. Ao ordenar os ligantes asfálticos do melhor para o pior à luz das propriedades e parâmetros considerados, o resultado é: CAP+Elvaloy+PPA, CAP+EVA, CAP+EVA+PPA, CAP+PPA, CAP+borracha+PPA, CAP+SBR+PPA, CAP+SBS+PPA, CAP+SBS, CAP+PE+PPA, CAP+borracha, CAP+SBR, CAP 50/70 e CAP+PE
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.12.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EESC31100154103TESE 8065
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DOMINGOS, Matheus David Inocente; FAXINA, Adalberto Leandro. Caracterização do comportamento fluência-recuperação de ligantes asfálticos modificados virgens e envelhecidos. 2011.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18143/tde-12032012-144327/pt-br.php >.
    • APA

      Domingos, M. D. I., & Faxina, A. L. (2011). Caracterização do comportamento fluência-recuperação de ligantes asfálticos modificados virgens e envelhecidos. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18143/tde-12032012-144327/pt-br.php
    • NLM

      Domingos MDI, Faxina AL. Caracterização do comportamento fluência-recuperação de ligantes asfálticos modificados virgens e envelhecidos [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18143/tde-12032012-144327/pt-br.php
    • Vancouver

      Domingos MDI, Faxina AL. Caracterização do comportamento fluência-recuperação de ligantes asfálticos modificados virgens e envelhecidos [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18143/tde-12032012-144327/pt-br.php