Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise da relação entre a posição anatômica da ponta do cateter CCIP e o motivo de remoção do dispositivo em uma coorte de neonatos (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: COSTA, PRISCILA - EE
  • USP Schools: EE
  • Sigla do Departamento: ENP
  • Subjects: RECÉM-NASCIDO; CATETERISMO VENOSO CENTRAL; FATORES DE RISCO; ENFERMAGEM NEONATAL
  • Keywords: Central venous catheterization; Neonatal nursing; Newborn; Risk factors
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: O uso do Cateter Central de Inserção Periférica (CCIP) vem sendo cada vez mais frequente em neonatos internados em Unidades de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) em razão da necessidade de um dispositivo de acesso venoso seguro para infusão de drogas irritantes e nutrição parenteral. Detalhes técnicos do CCIP, especialmente a posição anatômica de sua ponta são descritos como fatores de risco para complicações que podem culminar em remoção não eletiva do dispositivo. Objetivo: analisar a relação entre a posição anatômica da ponta do CCIP e o motivo de remoção do dispositivo em uma coorte de neonatos. Método: coorte concorrente, composta por neonatos submetidos à instalação do CCIP, internados em UTIN de um hospital privado da cidade de São Paulo no período de 31 de agosto de 2010 a 01 de julho de 2011. Os neonatos foram incluídos no estudo no momento da instalação do cateter e acompanhados durante a permanência do dispositivo. O projeto de pesquisa foi apreciado e aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da instituição, campo do estudo (Processo 238/2010). Resultados: foram analisados dados referentes a 237 CCIPs, dos quais, 207 (86,9%) tiveram posicionamento central da ponta (grupo central) e 30 (12,5%) posição não central da ponta (grupo não central). Nos grupos central e não central, as médias da idade gestacional corrigida, idade pós-natal e peso foram, respectivamente: 34,1 semanas e 33,8 semanas; 9,9 dias e 10,4 dias; 1.936,8 gramas e 1.867 gramas, comhomogeneidade entre os grupos, exceto em relação ao diagnóstico de afecção cardíaca, com maior proporção no grupo com cateter não central (p=0,0472). O sitio de inserção, tipo de cateter e terapia intravenosa instituída foram semelhantes entre os grupos. A maioria dos CCIPs (62,3%) foi removida eletivamente. A incidência de remoção não eletiva do CCIP foi maior entre os cateteres não centrais (43,3%), em comparação aos centrais (36,7%) não apresentando diferença estatisticamente significante entre os grupos (p=0,4842). O risco relativo de remoção não eletiva foi 1,18 (IC 95%: 0,76-1,84) vezes maior para os cateteres não centrais. Os principais motivos de remoção não eletiva nos cateteres centrais foram obstrução, ruptura e suspeita de infecção de corrente sanguínea relacionada a cateter, e nos cateteres não centrais foram: tração acidental, suspeita de infecção de corrente sanguínea relacionada a cateter e extravasamento. Houve diferença estatística significante quanto à incidência de extravasamento nos cateteres não centrais em relação aos centrais (p=0,0092). A taxa de incidência (TI) de extravasamento foi 0,8 por 1.000 cateteres-dia em cateteres centrais e 10,2 por 1.000 cateteres-dia nos cateteres não centrais. As médias do tempo de permanência dos cateteres não centrais e centrais foram respectivamente de 9,8 dias e 11,7 dias sem diferença estatisticamente significante (p=0,1627). Conclusão: Os achados sugeriram não haver associação entre o posicionamento não centralda ponta do CCIP e a ocorrência de remoção não eletiva do cateter. Entretanto, há necessidade de avaliação permanente do neonato quanto aos sinais de extravasamento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.11.2011
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      COSTA, Priscila; KIMURA, Amélia Fumiko. Análise da relação entre a posição anatômica da ponta do cateter CCIP e o motivo de remoção do dispositivo em uma coorte de neonatos. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-01022012-140421/ >.
    • APA

      Costa, P., & Kimura, A. F. (2011). Análise da relação entre a posição anatômica da ponta do cateter CCIP e o motivo de remoção do dispositivo em uma coorte de neonatos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-01022012-140421/
    • NLM

      Costa P, Kimura AF. Análise da relação entre a posição anatômica da ponta do cateter CCIP e o motivo de remoção do dispositivo em uma coorte de neonatos [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-01022012-140421/
    • Vancouver

      Costa P, Kimura AF. Análise da relação entre a posição anatômica da ponta do cateter CCIP e o motivo de remoção do dispositivo em uma coorte de neonatos [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-01022012-140421/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019