Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Depressão materna e o perfil de socialização de meninos e meninas em idade escolar (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LOOSLI, LÍVIA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: DEPRESSÃO; MÃES; CRIANÇAS EM IDADE ESCOLAR; PSICOLOGIA DA CRIANÇA; RELAÇÕES MÃE-CRIANÇA
  • Keywords: Child behavior; Comportamento infantil; Depression; Gender and health; Gênero e saúde; Mothers
  • Language: Português
  • Abstract: A depressão materna tem sido considerada uma condição de adversidade ao desenvolvimento infantil, observando-se quanto ao gênero peculiaridades e uma diversidade de achados em relação ao comportamento, à psicopatologia e ao perfil de socialização de crianças que convivem com a depressão materna. Objetivou-se: a) caracterizar o perfil de socialização de crianças em idade escolar que convivem com a depressão materna recorrente, identificando recursos e dificuldades relativos ao desempenho escolar e ao comportamento; b) comparar grupos separados pelo gênero; c) correlacionar desempenho escolar e comportamento. Foram avaliadas 40 díades mãe-filho, tendo as mães diagnóstico sistematicamente avaliado de Transtorno Depressivo Recorrente, e as crianças, com idades entre sete e 12 anos, foram distribuídas em dois grupos diferenciados pelo gênero: G1-20 meninos e G2-20 meninas. As crianças foram identificadas a partir da seleção das mães atendidas em serviços públicos de Saúde Mental da cidade de Ribeirão Preto - SP. Para a seleção dos participantes foram utilizados: a Entrevista Clínica e Estruturada para o DSM-IV (SCID), para confirmação diagnóstica das mães; e o teste das Matrizes Progressivas Coloridas de Raven - Escala Especial, para avaliação cognitiva das crianças e exclusão de déficit intelectual. Procedeu-se a avaliação do comportamento infantil por meio do Questionário de Capacidades de Dificuldades (SDQ) respondido pelas mães, e do desempenho escolar por meio do Teste de Desempenho Escolar (TDE) realizado pelas crianças. Os instrumentos foram aplicados segundo as recomendações técnicas e as avaliações foram realizadas em sessões individuais. Os dados foram codificados segundo as proposições dos instrumentos. Para a análise procedeu-se à comparação entre os grupos diferenciados pelo gênero em relação às variáveis desempenho escolar e comportamento e,na dependência da distribuição das variáveis, utilizaram-se os testes de Mann Whitney, do Qui-Quadrado, Exato do Qui-quadrado, Exato de Fisher, Análise de Regressão Logística Bivariada e Correlação de Spearman, adotando-se o nível de significância p 0,05 em todas as comparações. Em relação ao desempenho escolar, não foram observadas diferenças significativas entre meninos e meninas. Aproximadamente metade do total de crianças apresentou dificuldades, principalmente relacionadas às habilidades aritméticas, e apresentaram indicadores de recursos nos domínios escrita e leitura. No que se refere ao comportamento, 42,5% do total de crianças apresentou dificuldades comportamentais, observando-se diferença estatisticamente significativa entre os gêneros em relação aos sintomas emocionais, com 80% das meninas apresentando indicadores de prejuízos nesta escala em comparação a 50% dos meninos. Para o grupo das meninas foram identificadas correlações negativas entre desempenho escolar e comportamento. Conclui-se que as crianças expostas à depressão materna recorrente apresentam dificuldades escolares e comportamentais independentemente do gênero, sendo que as meninas mostraram-se mais vulneráveis do que os meninos em relação aos problemas emocionais relativos a queixas somáticas e de insegurança, próprias de comportamentos internalizantes, não diferindo dos meninos quanto aos comportamentos externalizantes, os quais apresentaram mais recursos para lidar com tal adversidade. Considera-se que tais dados podem contribuir para o planejamento de intervenções terapêuticas diferenciadas para meninos e meninas em idade escolar que convivem com a depressão materna, com especial atenção para as meninas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.10.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200063181Lossoli, Lívia
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LOOSLI, Lívia; LOUREIRO, Sonia Regina. Depressão materna e o perfil de socialização de meninos e meninas em idade escolar. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17148/tde-29112011-223458/ >.
    • APA

      Loosli, L., & Loureiro, S. R. (2011). Depressão materna e o perfil de socialização de meninos e meninas em idade escolar. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17148/tde-29112011-223458/
    • NLM

      Loosli L, Loureiro SR. Depressão materna e o perfil de socialização de meninos e meninas em idade escolar [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17148/tde-29112011-223458/
    • Vancouver

      Loosli L, Loureiro SR. Depressão materna e o perfil de socialização de meninos e meninas em idade escolar [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17148/tde-29112011-223458/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: