Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Aspectos da comunicação terapêutica na interação da enfermeira com o usuário na atenção básica: um estudo na rede do município de Itajubá (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: HADDAD, JERUSA GOMES VASCONCELLOS - EE
  • USP Schools: EE
  • Sigla do Departamento: ENS
  • Subjects: ATENÇÃO À SAÚDE; ASSISTÊNCIA À SAÚDE; COMUNICAÇÃO; PROMOÇÃO DA SAÚDE; ÉTICA DA ENFERMAGEM; ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
  • Keywords: Communication; Cuidados primários de saúde; Ethics of nursing; Health assistance; Health care; Health promotion; Primary health care
  • Language: Português
  • Abstract: Trata-se de um estudo transversal, de natureza compreensiva que objetivou compreender os aspectos comunicacionais da interação enfermeiro-usuário na atenção básica, com a finalidade de discuti-los a partir do referencial da comunicação terapêutica, distinguindo seus elementos na prática do enfermeiro neste nível de atenção. Para a coleta de dados, utilizou-se um roteiro elaborado para a observação da comunicação terapêutica nos atendimentos de enfermagem. Para triar as unidades que seriam observadas, aplicou-se o Inventário de Problemas Éticos na Atenção Básica (IPE-APS). Foram incluídas as unidades onde as enfermeiras reconheceram mais (E1) e menos (E3) problemas éticos no domínio da relação com o usuário. Como um tipo de controle, foi incluída a unidade (E2) onde a enfermeira percebeu um equilíbrio em relação ao número e frequência dos problemas. Foram observados dois atendimentos em cada unidade. Após os atendimentos, as enfermeiras responderam a uma pergunta aberta. O estudo permitiu concluir que em E3 a enfermeira manteve uma tendência à comunicação terapêutica e a enfermeira em E2 distanciou-se dela. A enfermeira em E1 aproximou-se da comunicação terapêutica em um atendimento e no outro se distanciou dela. Os resultados mostram que as enfermeiras entrevistadas não pensam e não percebem, na sua prática, como a comunicação com o usuário ocorre e acreditam que a comunicação é algo que ocorre naturalmente, no entanto, reconhecem a importância da comunicação na relação enfermeiro-usuário na atenção básica. E ainda, que a comunicação não requer técnica ou fundamentação científica, porém reconhece suas limitações
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.12.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EE10200026316T4106
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      HADDAD, Jerusa Gomes Vasconcellos; ZOBOLI, Elma Lourdes Campos Pavone. Aspectos da comunicação terapêutica na interação da enfermeira com o usuário na atenção básica: um estudo na rede do município de Itajubá. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-10022012-145910/ >.
    • APA

      Haddad, J. G. V., & Zoboli, E. L. C. P. (2011). Aspectos da comunicação terapêutica na interação da enfermeira com o usuário na atenção básica: um estudo na rede do município de Itajubá. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-10022012-145910/
    • NLM

      Haddad JGV, Zoboli ELCP. Aspectos da comunicação terapêutica na interação da enfermeira com o usuário na atenção básica: um estudo na rede do município de Itajubá [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-10022012-145910/
    • Vancouver

      Haddad JGV, Zoboli ELCP. Aspectos da comunicação terapêutica na interação da enfermeira com o usuário na atenção básica: um estudo na rede do município de Itajubá [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-10022012-145910/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: