Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Adesão às precauções-padrão por profissionais de enfermagem que atuam em terapia intensiva em um hospital universitário do interior paulista (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PEREIRA, FERNANDA MARIA VIEIRA - EERP
  • USP Schools: EERP
  • Subjects: PREVENÇÃO DE ACIDENTES; RISCOS OCUPACIONAIS; UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA; ESTUDOS TRANSVERSAIS
  • Keywords: Intensive Care; Nursing; Precauções-Padrão; Standard Precautions
  • Language: Português
  • Abstract: As Unidades de Terapia Intensiva atendem pacientes críticos, que demandam cuidados de alta complexidade. Com isso, a freqüente realização de procedimentos invasivos favorece a exposição do profissional e dos pacientes a riscos biológicos. Para diminuir os riscos associados ao trabalho dos profissionais que atuam nessas unidades, é imprescindível utilizar medidas preventivas durante a assistência das quais destacamos as precauções-padrão. Objetivos: Avaliar os fatores individuais, relativos ao trabalho e organizacionais relacionados à adesão às precauções-padrão por profissionais de enfermagem que atuam em terapia intensiva em um hospital universitário do interior paulista. Metodologia: Trata-se de um estudo de corte transversal, desenvolvido no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, no período de dezembro de 2010 a junho de 2011. A população de estudo constituiu-se por 178 profissionais da equipe de enfermagem - enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem- que atuavam na assistência a pacientes em terapia intensiva, de duas unidades distintas da instituição. Os instrumentos para a coleta de dados foram escalas psicométricas do tipo Likert desenvolvidas por Gershon et al. (1995), traduzidas e validadas por Brevidelli e Cianciarullo (2009), somando 57 questões divididas em 10 escalas, que compreendem fatores individuais, do trabalho e organizacionais. A análise estatística foi feita por meio do software Statistical Package for Social Science (SPSS), versão 15.0., utilizando-se estatística descritiva e teste de correlação de Pearson. Resultados: A maior parte dos profissionais foi do sexo feminino 171 (79,2) com predomínio da categoria de auxiliar de enfermagem com 94 (52,8%). Obteve-se que 79 (44,4%) dos profissionais trabalhavam 50 horas ou mais durante a semana. Na escala de adesão às precauções-padrão obteve-seum escore de 4,45 (DP=0,27) classificado como intermediário para as duas unidades. Houve correlação quando comparada com fatores individuais, para Escala de Personalidade de Risco (r=- 0,169; p=0,024) e fatores relativos ao trabalho representada pela Escala de Obstáculos para Seguir as precauções-padrão (r=-0,359; p=0,000). Para a unidade B os fatores organizacionais com a Escala de Clima de Segurança (r=0,243; p=0,014) apresentaram correlação estatisticamente significante quando comparados com a Escala de Adesão. Conclusão: Para as unidades A e B de terapia intensiva, a adesão às PP foi intermediária entre enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, ou seja, não ocorreu em sua totalidade. O comportamento individual, a identificação de obstáculos e a organização do trabalho são aspectos que devem ser revistos, pois fatores individuais, relativos ao trabalho e organizacionais influenciaram na adesão às precauções-padrão por profissionais que atuam em terapia intensiva
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.12.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EERP10400028879Pereira, Fernanda Maria Vieira
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEREIRA, Fernanda Maria Vieira; GIR, Elucir. Adesão às precauções-padrão por profissionais de enfermagem que atuam em terapia intensiva em um hospital universitário do interior paulista. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-19012012-105417/ >.
    • APA

      Pereira, F. M. V., & Gir, E. (2011). Adesão às precauções-padrão por profissionais de enfermagem que atuam em terapia intensiva em um hospital universitário do interior paulista. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-19012012-105417/
    • NLM

      Pereira FMV, Gir E. Adesão às precauções-padrão por profissionais de enfermagem que atuam em terapia intensiva em um hospital universitário do interior paulista [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-19012012-105417/
    • Vancouver

      Pereira FMV, Gir E. Adesão às precauções-padrão por profissionais de enfermagem que atuam em terapia intensiva em um hospital universitário do interior paulista [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-19012012-105417/