Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo comparativo dos níveis das citocinas inflamatórias associadas a mucosite oral após a utilização do laser de baixa intensidade em pacientes submetidos ao transplante de células-tronco hematopoéticas (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: KHOURI, VIVIAN YOUSSEF - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: DOENÇAS DA MUCOSA BUCAL; QUIMIOTERAPIA; RADIOTERAPIA; CÉLULAS-TRONCO (TRANSPLANTE); LASER NÃO CIRÚRGICO
  • Language: Português
  • Abstract: A mucosite oral (MuO) é um processo patológico caracterizado pelo dano a mucosa da cavidade bucal e é causada pela ação da quimioterapia e radioterapia utilizadas no tratamento oncológico. Acomete pacientes submetidos a altas doses de quimioterapia, radioterapia e também, pacientes submetidos ao transplante de células tronco hematopoéticas (TCTH) com regime de condicionamento mieloablativo. Várias terapêuticas foram testadas para prevenir e tratar a MuO, sendo uma das mais recentes 0 laser de baixa intensidade que tem como efeitos analgesia, antiinflamatória e reparação tecidual. O objetivo desse trabalho foi avaliar a influência das citocinas inflamatórias na saliva e no plasma sanguíneo e de marcadores do estresse oxidativo, da saliva sobre a intensidade da MuO, nos pacientes submetidos ao TCTH alogênico e tratado com laserterapia, na Unidade de Transplante de Medula Óssea do Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Participaram do presente estudo pacientes que receberam a administração de regime de condicionamento mieloablativo para a realização do TCTH alogênico para doenças hematológicas e onco hematológicas. Os pacientes participantes apresentavam idade igual ou acima de 12 anos, sendo 7 pacientes do sexo masculino e 7 do sexo feminino (média de idade foi de 30,07 anos). Foram selecionados 14 pacientes divididos em 2 grupos: grupo 1: submetido à laserterapia (N= 8) e grupo 2 (luz placebo) (N= 6). O grupo I foi irradiado com o laser de AlGaInP (660 nm), com potência de 15 mW, na dose de 3,8 J/‘cm POT. 2’, tempo 10 segundos, desde o inicio do regime de condicionamento até o pega da medula. Foram utilizadas as escalas da World Health Organization (WHO) e a "Oral Mucositis Assesment Scale" (OMAS) que avaliam, respectivamente, os sinais e sintomas da MuO, de modo geral, e o tipo de eritema e a extensão das ulcerações na cavidade bucal. Foramcoletados sangue e saliva, antes do regime de condicionamento e no nadir dá neutropenia, para dosagens das citocinas TNF-‘alfa’, IL- ‘beta’ e IL-6, utilizando o teste ELISA. Utilizando técnicas espectrofotométricas, foram analisados alguns marcadores do estresse oxidativo, como a glutationa reduzida (GSH) e o malonaldeido (MDA), na saliva. Houve também a inclusão de um grupo controle (voluntários hígidos). Foi utilizado modelo de regressão linear com efeitos mistos, teste de Fisher e Wilcoxon, com nível de significância p<0,05 para análise dos resultados. Os resultados clínicos mostraram diminuição da gravidade da MuO, no grupo 1 em relação ao grupo 2, de acordo com as escalas escolhidas. Usando a OMAS, a mucosite foi menor no grupo 1 p=0,01.Analisando os níveis das citocinas inflamatórias, no plasma sanguíneo e na saliva, observamos que o laser não reduziu os níveis dessas citocinas, no grupo l.Houve aumento de produto do estresse oxidativo (MDA) em ambos os grupos, enquanto o produto antioxidante GSH reduziu-se significativamente apenas no grupo não submetido à laserterapia. Conclui-se que o laser de baixa intensidade foi eficaz, clinicamente, na diminuição da MuO e que seu mecanismo de ação parece não estar ligado à redução das citocinas inflamatórias, mas à preservação de substancias antioxidantes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.11.2011

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200063246Khouri, Vivian Youssef
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KHOURI, Vivian Youssef; VOLTARELLI, Júlio César. Estudo comparativo dos níveis das citocinas inflamatórias associadas a mucosite oral após a utilização do laser de baixa intensidade em pacientes submetidos ao transplante de células-tronco hematopoéticas. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Khouri, V. Y., & Voltarelli, J. C. (2011). Estudo comparativo dos níveis das citocinas inflamatórias associadas a mucosite oral após a utilização do laser de baixa intensidade em pacientes submetidos ao transplante de células-tronco hematopoéticas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Khouri VY, Voltarelli JC. Estudo comparativo dos níveis das citocinas inflamatórias associadas a mucosite oral após a utilização do laser de baixa intensidade em pacientes submetidos ao transplante de células-tronco hematopoéticas. 2011 ;
    • Vancouver

      Khouri VY, Voltarelli JC. Estudo comparativo dos níveis das citocinas inflamatórias associadas a mucosite oral após a utilização do laser de baixa intensidade em pacientes submetidos ao transplante de células-tronco hematopoéticas. 2011 ;