Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Osmorregulação em camarões Palaemonidae (Decapoda, Caridea): uma abordagem molecular e bioquímica (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FALEIROS, ROGÉRIO OLIVEIRA - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 592
  • Subjects: CRUSTÁCEOS (ENZIMOLOGIA); DECAPODA
  • Language: Português
  • Abstract: A sobrevivência de organismos que habitam o meio aquático resulta em parte da seleção de mecanismos reguladores do equilíbrio asmático e iônico que mantêm seu meio interno estável, protegendo os tecidos e células contra o gradiente e as oscilações do ambiente. Os crustáceos desenvolveram muitos padrões de regulação osmótica e iônica, responsáveis pela sua ampla distribuição e notável diversidade, e assim são utilizados como modelos para melhor compreender mecanismos comparativos de osmorregulação, que empregam enzimas ionotransportadoras, como a ‘Na POT. +’/ ‘K POT. +-’ e V-ATPase, para manter o volume e a concentração dos fluidos intra- e extracelulares. Camarões palemonídeos apresentam inúmeras estratégias adaptativas, tanto de ciclo de vida quanto fisiológicos, bioquímicas e morfológicas, que refletem a ampla variedade de ambientes os quais são encontrados, e incluem espécies particularmente interessantes para analisar estratégias adaptativas osmorregulatórias. A presente investigação objetivou avaliar a capacidade osmorregulatória e o decurso temporal do camarão marinho Palaemon northropi após exposição em meio diluído ou concentrado, bem como o decurso temporal da aclimatação do camarão diádromo, de água doce, Macrbrachium acanthurus exposto a meio salina. Além disso, foi comparado o efeito do decurso temporal de aclimatação sobre o nível de expressão, por PCR em Tempo Real, do RNAm das subunidades a e B dos transportadores iônicos ‘Na POT. +’/ ‘K POT. +-’ e V-ATPase, respectivamente, nas branquias de Palaemon northropi, Macrobrachium acanthurus e dos camarões, diádromos, de água doce, M. olfersi, e hololimnético M. brasiliense, bem como a própria atividade enzimática da ‘Na POT. +’/ ‘K POT. +-’ ATPase em P. northropi e M. acanthurus. Palaemon northropi caracteriza-se como um excelente hiper- hiporregulador em meios diluídos e concentrados,respectivamente. Macrobrachium acanthurus se apresenta como um forte hiperregulador em água doce e hiporregula a osmolalidade da hemolinfa e ‘Cl POT. –’ em meio salina. A hiperregulação da hemolinfa em água doce (Macrobrachium acanthurus, M. olfersi e M. brasiliense) e com a água do mar diluída (Palaemon northropi) se fundamenta na expressão tanto da ‘Na POT. +’/ ‘K POT. +-’ATPase quanto V-ATPase. Em P. northropi, Macrobrachium acanthurus e M. olfersi, a hiporregulação parece não ser amparada por mudanças no nível de expressão de RNAm para a subunidade a da ‘Na POT. +’/ ‘K POT. +-’ATPase, sendo a hiporregulação regulada em nível enzimático para P. northeopi e M. acanthurus. Macrobrachium brasiliense apresenta níveis semelhantes de expressão da V-ATPase sob desafios hipo- e hiperosmótico. O efeito observado sobre a expressão de ‘Na POT. +’/ ‘K POT. +-’ATPase em M. brasiliense em condição hiperosmótica, embora não sustente a hiporregulação da osmolalidade, provavelmente está relacionada com a secreção de ‘Cl POT. –’. As informações a respeito do decurso temporal da atividade ‘Na POT. +’/ ‘K POT. +-’ATPásica e sobre a expressão da ‘Na POT. +’/ ‘K POT. +-’ATPase e V-ATPase branquial das várias espécies de camarão mantidas em salinidades diferentes revelam a versatilidade no nível de regulação e o papel fundamental dessas enzimas ionotransportadores tanto no processo de hiper- quanto de hipo-regulação asmática e de cloreto
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.12.2011

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800045533Faleiros, Rogério Oliveira
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FALEIROS, Rogério Oliveira; MACNAMARA, John Campbell; FURRIEL, Rosa dos Prazeres Melo Inocentes. Osmorregulação em camarões Palaemonidae (Decapoda, Caridea): uma abordagem molecular e bioquímica. 2011.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2011.
    • APA

      Faleiros, R. O., MacNamara, J. C., & Furriel, R. dos P. M. I. (2011). Osmorregulação em camarões Palaemonidae (Decapoda, Caridea): uma abordagem molecular e bioquímica. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Faleiros RO, MacNamara JC, Furriel R dos PMI. Osmorregulação em camarões Palaemonidae (Decapoda, Caridea): uma abordagem molecular e bioquímica. 2011 ;
    • Vancouver

      Faleiros RO, MacNamara JC, Furriel R dos PMI. Osmorregulação em camarões Palaemonidae (Decapoda, Caridea): uma abordagem molecular e bioquímica. 2011 ;