Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Modelos de regressão aleatória para características de qualidade de leite bovino (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ZAMPAR, ALINE - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LZT
  • Subjects: ANÁLISE DE REGRESSÃO E DE CORRELAÇÃO; COMPONENTES DE VARIÂNCIA; GADO HOLANDÊS; HERDABILIDADE; LEITE (QUALIDADE); MODELOS MATEMÁTICOS; VACAS
  • Keywords: Vacas leiteiras
  • Language: Português
  • Abstract: O Brasil é um dos maiores produtores de leite do mundo, porém é necessário que se produza não só em quantidade, mas com qualidade adequada ao consumo e ao beneficiamento. Com a entrada em vigor da Instrução Normativa 51 (2002), a qualidade do leite nacional passou a ser monitorada, sendo exigido um padrão mínimo. Dentre os aspectos analisados, estão os teores de proteína e gordura e a contagem de células somáticas. Diante disso, o objetivo desse trabalho foi de estimar componentes de variância, coeficientes de herdabilidade e comparar modelos de diferentes ordens de ajuste por meio de funções polinomiais de Legendre, sob modelos de regressão aleatória, com a finalidade de predizer o modelo mais adequado para descrever as mudanças nas variâncias associadas aos teores de proteína, gordura e à contagem de células somáticas de vacas holandesas de primeira lactação. Foi utilizado um banco de dados com 27.988 dados de teores de gordura e proteína e 27.883 de escore de células somáticas, referentes a 4.945 vacas e a matriz de parentesco continha 30.843 animais. Foram utilizados quatro modelos, com polinômios ortogonais de Legendre de ordens de 3 a 6 e variância residual homogênea. Os modelos que melhor se ajustaram para gordura foram o de 5ª e 6ª ordens, para proteína, o de 4ª ordem e para escore de células somáticas foram os de 4ª e 6ª ordens. As estimativas de herdabilidade variaram de 0,07 a 0,56 para teor de gordura; de 0,13 a 0,66 para teor de proteína e de 0,08 a 0,50 paraescore de células somáticas, nos diferentes modelos estudados. De acordo com os resultados, modelos de regressão aleatória são adequados para descrever variações no teor de gordura e proteína e no escore de células somáticas em função do estágio de lactação em que a vaca se encontra
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.03.2012
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ZAMPAR, Aline; MACHADO, Paulo Fernando; MOURÃO, Gerson Barreto. Modelos de regressão aleatória para características de qualidade de leite bovino. 2012.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11139/tde-16042012-170317/ >.
    • APA

      Zampar, A., Machado, P. F., & Mourão, G. B. (2012). Modelos de regressão aleatória para características de qualidade de leite bovino. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11139/tde-16042012-170317/
    • NLM

      Zampar A, Machado PF, Mourão GB. Modelos de regressão aleatória para características de qualidade de leite bovino [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11139/tde-16042012-170317/
    • Vancouver

      Zampar A, Machado PF, Mourão GB. Modelos de regressão aleatória para características de qualidade de leite bovino [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11139/tde-16042012-170317/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019