Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

O gênero Triportheus Cope 1872 (Teleostei; Characiformes; Characidae): aspectos taxonômicos, distribuição geográfica e estudo da musculatura cefálica (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: NAKAGAWA, RODRIGO KENJI - IB
  • USP Schools: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Subjects: OSTEICHTHYES; CHARACIFORMES; ZOOLOGIA (CLASSIFICAÇÃO)
  • Keywords: Distribuição geográfica; Geographic distribuition; Miologia; Myology; Triportheus; Triportheus
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo é dividido em duas partes. Na primeira foram abordados aspectos taxonômicos das espécies do gênero Triportheus. Na revisão taxonômica mais recente do gênero, Malabarba (2004) redescreveu 13 espécies já conhecidas e descreveu 3 novas. Segundo a autora, Triportheus angulatus e T. rotundatus ocorrem em simpatria e apresentam uma sobreposição nas características usadas como diagnósticas para cada uma delas. O exame de material adicional, não incluído no trabalho de Malabarba (2004), mostrou que essas características diagnósticas são consistentes para o reconhecimento de duas espécies distintas. Os sintipos de Triportheus curtus é proveniente da Ilha de Marajó e, de acordo com Malabarba (2004) todo o material não tipo é proveniente do Alto Amazonas. O presente estudo examinou 32 exemplares provenientes da Ilha de Marajó e todos eles foram identificados como T. rotundatus, indicando um possível problema taxonômico envolvendo essa espécie. O exame de material proveniente principalmente dos rios da Amazônia brasileira possibilitou preencher grande parte dos hiatos existentes na informação sobre as distribuições geográficas das espécies de Triportheus. Uma espécie nova é aqui descrita ocorrendo no rio Xingu. Uma chave de identificação para as espécies de Triportheus é fornecida. A segunda parte do trabalho inclui uma descrição da musculatura cefálica das espécies de Triportheus. A grande parte dos músculos se mostrou conservada para todas as espécies examinadas. Olevator arcus palatini da maioria das espécies se insere apenas no hiomandibular, mas em T. albus, T. auritus e T. guentheri, o músculo também se insere no metapterigoide. O levator operculi da maioria das espécies se origina apenas no pterótico, mas em T. angulatus, T. pantanensis, T. rotundatus, T. signatus e T. trifurcatus, algumas fibras se originam no extraescapular
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.02.2012
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NAKAGAWA, Rodrigo Kenji; RAGAZZO, Mônica de Toledo Piza. O gênero Triportheus Cope 1872 (Teleostei; Characiformes; Characidae): aspectos taxonômicos, distribuição geográfica e estudo da musculatura cefálica. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-27042012-094251/ >.
    • APA

      Nakagawa, R. K., & Ragazzo, M. de T. P. (2012). O gênero Triportheus Cope 1872 (Teleostei; Characiformes; Characidae): aspectos taxonômicos, distribuição geográfica e estudo da musculatura cefálica. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-27042012-094251/
    • NLM

      Nakagawa RK, Ragazzo M de TP. O gênero Triportheus Cope 1872 (Teleostei; Characiformes; Characidae): aspectos taxonômicos, distribuição geográfica e estudo da musculatura cefálica [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-27042012-094251/
    • Vancouver

      Nakagawa RK, Ragazzo M de TP. O gênero Triportheus Cope 1872 (Teleostei; Characiformes; Characidae): aspectos taxonômicos, distribuição geográfica e estudo da musculatura cefálica [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-27042012-094251/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019