Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Propriedades psicométricas de CANS-MCI: um teste computadorizado para avaliação do comprometimento cognitivo leve em idosos (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MEMóRIA, CLáUDIA MAIA - FM
  • USP Schools: FM
  • Sigla do Departamento: MPE
  • Subjects: TESTES NEUROPSICOLÓGICOS; ESTUDOS DE VALIDAÇÃO; TRANSTORNOS COGNITIVOS; ENVELHECIMENTO
  • Keywords: Aging; Cognition disorders; Neuropsychological tests; Validation Studies
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: O Computer-Administered Neuropsychological Screen For Mild Cognitive Impairment (CANS-MCI) é um teste computadorizado para o rastreio do Comprometimento Cognitivo Leve (CCL). O CCL é considerado um estado transicional entre o envelhecimento normal e é uma condição de risco para o desenvolvimento de demências. Diante disso, sua detecção torna-se importante para a implementação de intervenções terapêuticas e preventivas. Objetivos: Avaliar as propriedades psicométricas do CANS-MCI e analisar sua acurácia diagnóstica para CCL em uma amostra clínica de idosos brasileiros. Métodos: Noventa e sete sujeitos foram avaliados e classificados em: controles normais (CN, n=41), comprometimento cognitivo leve (CCL, n=35) e doença de Alzheimer (DA, n=21). O diagnóstico foi previamente estabelecido por equipe multidisciplinar, com base em dados clínicos, neuropsicológicos e de neuroimagem. O desempenho dos pacientes no CANS-MCI foi comparado ao de outras provas já validadas para população brasileira. Resultados: os resultados indicaram que o CANS-MCI apresentou alta consistência interna (Alfa de Cronbach = 0,77). A confiabilidade do teste-reteste foi elevada (r = 0,875, p <0,001). Foi encontrada uma correlação moderada entre o escore total do CANS-MCI e o RAVLT (variável que avalia a capacidade de aprendizagem, com r=0,51 e p<0,001). O CANS-MCI foi capaz de discriminar controles de CCL (81% de sensibilidade e 73% especificidade) e Controles de DA (100% de sensibilidade e 97% especificidade), indicando alta acurácia. CONCLUSÃO: O CANS-MCI manteve suas características psicométricas originais, mostrou-se estável no reteste e foi capaz de diferenciar sujeitos controles daqueles diagnosticados com CCL e DA
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.03.2012
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MEMÓRIA, Cláudia Maia; FORLENZA, Orestes Vicente. Propriedades psicométricas de CANS-MCI: um teste computadorizado para avaliação do comprometimento cognitivo leve em idosos. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-11052012-140244/ >.
    • APA

      Memória, C. M., & Forlenza, O. V. (2012). Propriedades psicométricas de CANS-MCI: um teste computadorizado para avaliação do comprometimento cognitivo leve em idosos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-11052012-140244/
    • NLM

      Memória CM, Forlenza OV. Propriedades psicométricas de CANS-MCI: um teste computadorizado para avaliação do comprometimento cognitivo leve em idosos [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-11052012-140244/
    • Vancouver

      Memória CM, Forlenza OV. Propriedades psicométricas de CANS-MCI: um teste computadorizado para avaliação do comprometimento cognitivo leve em idosos [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5142/tde-11052012-140244/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019