Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Checagem do corpo em transtornos alimentares: relação entre comportamentos e cognições (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: KACHANI, ADRIANA TREJGER - FM
  • USP Schools: FM
  • Sigla do Departamento: MPT
  • Subjects: COGNIÇÃO; IMAGEM CORPORAL; MULHERES
  • Keywords: Body checking; Body image; Checagem corporal; Cognition; Eating disorders; Imagem corporal; Transtornos alimentares; Women
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: Pacientes com transtornos alimentares (TAs) costumam checar o corpo repetidamente com atitudes tais como: pesar-se constantemente, estudar a si mesmo no espelho, experimentar roupas para avaliar se estão adequadas ou não, beliscar o corpo, comparar seu corpo com o de outras pessoas, entre outras práticas. Esses comportamentos podem prolongar-se por muito tempo, várias vezes ao dia. Por outro lado, alguns pacientes têm atitude oposta e evitam ao máximo checar seus corpos. Os referidos comportamentos estão associados ao constructo central da doença: superavaliação do corpo, do peso e da alimentação. OBJETIVOS: Comparar comportamentos de checagem corporal em pacientes com anorexia nervosa (AN), bulimia nervosa (BN) e controles. MÉTODO: Aplicação de escalas padronizadas que avaliam checagem corporal, sintomas de AN e BN, imagem corporal, sintomas de depressão e transtorno obsessivo-compulsivo. A pesquisa foi realizada no Programa de Transtornos Alimentares (AMBULIM) do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (IPq - HC-FMUSP) (grupo AN, n= 44 e grupo BN, n=41) e Ambulatório de Ginecologia do HC-FMUSP (grupo controle, n= 40). RESULTADOS: O grupo BN relatou checar mais o corpo (média = 57,83) do que os outros grupos (média AN = 46,05 e média controle = 22,80; p valor <0,001) e também evitar mais a checagem corporal do que os outros dois grupos (media AN= 1,91; média BN = 4,05; média controle = 0,80; p valor <0,001). O método mais comum para a checagem corporal foi a visualização no espelho, e a área corporal mais checada foi a barriga. Pacientes com AN indicam buscar, na checagem corporal, a verificação objetiva e o controle da dieta e ganho de peso, enquanto pacientes com BN indicam buscar segurança e garantia a respeito do corpo, além de antecipar as consequências de não checar. já o grupo controle possui baixa motivação para se checar.A checagem corporal se relacionou com o peso desejado (þ = -340; p valor <0,001), com a restrição alimentar (þ = 0,501; p valor <0,001), com a gravidade de sintomas bulímicos no grupo BN (média = 67,08; p valor = 0,021), com a insatisfação corporal no grupo AN (média = 46,05; p valor = 0,001) e BN (média = 57,83; p valor = 0,022), com distorção da imagem corporal no grupo BN (média = 57,83; p valor = 0,030), com sintomas depressivos (þ = 0,509; p valor <0,001) e com alguns sintomas obsessivo-compulsivos, especialmente em pacientes com AN (média obsessões somáticas = 57,38; p valor = 0,004; média compulsão por rituais para comer = 58,33; p valor = 0,043). CONCLUSÕES: Os resultados indicam existir diferenças nos comportamentos de checagem corporal e nas cognições relacionadas a esses comportamentos, nos três grupos estudados. O grupo BN relatou checar mais o corpo e também evitar mais a checagem corporal do que os outros dois grupos. O grupo que se preocupou menos com a checagem do corpo foi o grupo controle. As motivações para a checagem foram diferentes entre os grupos, sendo que o grupo controle teve baixa motivação para esse comportamento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.03.2012
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KACHANI, Adriana Trejger; HOCHGRAF, Patricia Brunfentrinker. Checagem do corpo em transtornos alimentares: relação entre comportamentos e cognições. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5160/tde-25052012-162049/ >.
    • APA

      Kachani, A. T., & Hochgraf, P. B. (2012). Checagem do corpo em transtornos alimentares: relação entre comportamentos e cognições. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5160/tde-25052012-162049/
    • NLM

      Kachani AT, Hochgraf PB. Checagem do corpo em transtornos alimentares: relação entre comportamentos e cognições [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5160/tde-25052012-162049/
    • Vancouver

      Kachani AT, Hochgraf PB. Checagem do corpo em transtornos alimentares: relação entre comportamentos e cognições [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5160/tde-25052012-162049/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019