Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Origens do pensamento e da política radical na América Latina: um estudo comparativo entre José Martí, Juan B. Justo e Ricardo Flores Magón (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTOS, FABIO LUIS BARBOSA DOS - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLH
  • Subjects: DEMOCRACIA; HISTÓRIA LATINO-AMERICANA (ASPECTOS POLÍTICOS); HISTÓRIA DA ARGENTINA (ASPECTOS POLÍTICOS); HISTÓRIA DO MÉXICO (ASPECTOS POLÍTICOS)
  • Keywords: Formação nacional; José Martí; Juan B. Justo; Latin American thought; National assertion; Pensamento latino-americano; Ricardo Flores Magón
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo desta tese é analisar, em uma perspectiva comparada, como nascem, evoluem e são frustrados três projetos de democratização radical na América Latina nos primórdios do imperialismo. José Martí (1853-1895) em Cuba, Juan B. Justo (1865- 1928) na Argentina e Ricardo Flores Magón (1874-1922) no México, lideram esforços intelectuais e políticos orientados a superar os constrangimentos à integração nacional legados pela origem colonial, que se expressam em um pensamento que fundamenta a atuação dos partidos que dirigiram. Vivendo no contexto de difusão das relações de produção capitalistas no continente, estes projetos constituem esforços pioneiros de subordinar o desenvolvimento capitalista aos desígnios da sociedade nacional. A incidência que tiveram para o desencadeamento dos processos que objetivaram – a guerra da independência em Cuba, a reforma política na Argentina e a Revolução Mexicana - atesta a sintonia de suas propostas em relação aos dilemas que enfrentaram. O malogro do ideário democrático que representavam indica a prevalência de constrangimentos estruturais que obstam a consumação da nação na América Latina naquela circunstância. Partindo da premissa de que os autores analisados constituem expoentes do pensamento e da política radical em suas conjunturas, nossa hipótese é que a aproximação entre os três casos sugere as balizas que referenciavam a máxima consciência possível no campo da militância democrática no continente naquele contexto histórico.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.12.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH20900101019T SANTOS, FABIO LUIS BARBOSA DOS 2011
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Fabio Luis Barbosa dos; GRESPAN, Jorge Luis da Silva. Origens do pensamento e da política radical na América Latina: um estudo comparativo entre José Martí, Juan B. Justo e Ricardo Flores Magón. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8137/tde-14062012-163414/ >.
    • APA

      Santos, F. L. B. dos, & Grespan, J. L. da S. (2011). Origens do pensamento e da política radical na América Latina: um estudo comparativo entre José Martí, Juan B. Justo e Ricardo Flores Magón. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8137/tde-14062012-163414/
    • NLM

      Santos FLB dos, Grespan JL da S. Origens do pensamento e da política radical na América Latina: um estudo comparativo entre José Martí, Juan B. Justo e Ricardo Flores Magón [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8137/tde-14062012-163414/
    • Vancouver

      Santos FLB dos, Grespan JL da S. Origens do pensamento e da política radical na América Latina: um estudo comparativo entre José Martí, Juan B. Justo e Ricardo Flores Magón [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8137/tde-14062012-163414/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: