Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo dos efeitos da ocitocina em modelos de ansiedade generalizada e de pânico em ratos e em voluntários saudáveis (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: OLIVEIRA, DANIELLE CHAVES GOMES DE - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: OCITOCINA; ANSIEDADE; PÂNICO; RATOS (EXPERIMENTAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: A ocitocina (OT) é um nonapeptídeo sintetizado nos núcleos paraventricular e supraóptico do hipotálamo, com ação periférica e no Sistema Nervoso Central. Atua como neuromodulador em diversos processos, incluindo uma possível ação ansiolítica, embora não esteja claro se este efeito é específico para alguma condição ou transtorno de ansiedade. Desta forma, objetivamos avaliar a ação da OT em: a- modelos de ansiedade generalizada e pânico em ratos; b. modelo de ansiedade generalizada em voluntários saudáveis. Nos estudos com ratos, utilizamos o modelo do labirinto em T elevado como modelo de ansiedade generalizada e pânico, e a estimulação elétrica da substância cinzenta periaquedutal dorsal (SCPd) como modelo de pânico. No estudo com voluntários saudáveis utilizamos a inalação de 7,5% de ‘CO IND 2’ durante 20 minutos como modelo de ansiedade generalizada. Os resultados em animais indicaram que a OT, quando administrada agudamente no ventrículo lateral, possui efeito do tipo ansiogênico sobre as latências de esquiva inibitória no labirinto em T elevado. No entanto, quando administrada na SCPd possui efeito ansiogênico sobre as latências de esquiva e efeito panicolítico sobre a latência de fuga. De maneira similar, quando a OT é administrada na SCPd possui um efeito inibitório tônico sobre a aversão gerada pela estimulação elétrica desta região, o que também sugere um efeito do tipo panicolítico. Em humanos, nossos dados demonstraram que, possivelmente, a OT tenha alguma função na modulação da ansiedade generalizada uma vez que a sua administração preveniu o aumento da ansiedade induzida pela inalação de 7,5% de ‘CO IND 2’. Os resultados alcançados mostraram que o estudo da ação da OT em modelos do transtorno de ansiedade generalizada e do transtorno do pânico dependeu da rota de administração e do modelo em questão. Em conjunto, os resultadosdesse estudo são inconclusivos em relação aos efeitos da OT em modelos de ansiedade generalizada, porém sugerem um efeito da OT do tipo panicolítico em modelos de pânico em animais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.02.2012

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200063412Oliveira, Danielle Chaves Gomes de
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Danielle Chaves Gomes de; ZUARDI, Antônio Waldo. Estudo dos efeitos da ocitocina em modelos de ansiedade generalizada e de pânico em ratos e em voluntários saudáveis. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012.
    • APA

      Oliveira, D. C. G. de, & Zuardi, A. W. (2012). Estudo dos efeitos da ocitocina em modelos de ansiedade generalizada e de pânico em ratos e em voluntários saudáveis. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Oliveira DCG de, Zuardi AW. Estudo dos efeitos da ocitocina em modelos de ansiedade generalizada e de pânico em ratos e em voluntários saudáveis. 2012 ;
    • Vancouver

      Oliveira DCG de, Zuardi AW. Estudo dos efeitos da ocitocina em modelos de ansiedade generalizada e de pânico em ratos e em voluntários saudáveis. 2012 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: