Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Das grades às matrizes curriculares participativas na EJA: os sujeitos na formulação da mandala curricular (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FEITOSA, SONIA COUTO SOUZA - FE
  • USP Schools: FE
  • Sigla do Departamento: EDA
  • Subjects: CURRÍCULOS E PROGRAMAS; EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS; ALFABETIZAÇÃO; INTERDISCIPLINARIDADE
  • Keywords: alfabetização; currículo; curriculum; Educação de Jovens e Adultos; Education of Youth and Adults (EJA); intertransculturality; intertransdisciplinaridade; intertransdisciplinarity; literacy; subject of EJA; sujeitos da EJA
  • Language: Português
  • Abstract: Procuramos, com esta pesquisa, mapear se os sujeitos da EJA estão sendo considerados na formulação das matrizes curriculares. Iniciamos fazendo uma rápida incursão na história da EJA a partir do Brasil Colônia até os dias atuais. Nosso objetivo era perceber como o currículo e os sujeitos da EJA eram concebidos e se o diálogo entre eles existe. Para isso buscamos perceber a dimensão curricular nos documentos nacionais e internacionais, nos marcos legais e nas políticas de EJA. Nossa pesquisa também trata dos aspectos inerentes aos diferentes sujeitos da EJA. As dimensões de gênero, etnia e etária foram analisadas. Com base nessa análise percebemos a necessidade de repensar o currículo, de maneira que ele contemple a diversidade contida no campo da EJA, com vistas ao reconhecimento das individualidades e das subjetividades. Detivemo-nos, em especial, às questões etárias, analisando as suas dimensões biológicas, sociológicas, culturais, a partir da concepção que temos de juventude e idade adulta. Experiências de Reorientação Curricular de dois municípios paulistas foram analisadas afim de ilustrar a importância dos processos participativos na formulação do currículo. Permeando todos os capítulos, há a reflexão em torno da EJA como política pública e sobre a contribuição dos movimentos sociais na conquista de alguns avanços e no enfrentamento dos entraves que ora paralisam a EJA, ora controlam seu ritmo e sua expansão. Por fim, apresentamos uma proposta de matriz curricularque busca contemplar a diversidade dos sujeitos, das vivências, das culturas, numa perspectiva intertransdisciplinar e intertranscultural.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.05.2012
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FE20500098528T 375.0 F311g
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FEITOSA, Sonia Couto Souza; GADOTTI, Moacir. Das grades às matrizes curriculares participativas na EJA: os sujeitos na formulação da mandala curricular. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-18072012-152743/ >.
    • APA

      Feitosa, S. C. S., & Gadotti, M. (2012). Das grades às matrizes curriculares participativas na EJA: os sujeitos na formulação da mandala curricular. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-18072012-152743/
    • NLM

      Feitosa SCS, Gadotti M. Das grades às matrizes curriculares participativas na EJA: os sujeitos na formulação da mandala curricular [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-18072012-152743/
    • Vancouver

      Feitosa SCS, Gadotti M. Das grades às matrizes curriculares participativas na EJA: os sujeitos na formulação da mandala curricular [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-18072012-152743/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: