Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento de metodologia para a produção de nanopartículas de 'Y IND.3'AL IND.5'O IND.12' (YAG) de tamanhos médios diferenciados (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: VERONEZE, TATIANA - ENG DE MATERIAI
  • USP Schools: ENG DE MATERIAI
  • Sigla do Departamento: FCM
  • Subjects: NANOPARTÍCULAS; CENTRIFUGAÇÃO; SEDIMENTOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: O desenvolvimento de materiais nanoestruturados tem se destacado devido a necessidade de miniaturização de dispositivos e a procura por novos efeitos físicos e químicos capazes de gerar novas tecnologias. Um importante composto com aplicações principalmente em óptica é o YAG ('Y IND.3'AL IND.5'O IND.12') presente no sistema cerâmico alumina-ítria ('AL IND.2'O IND.3'-'Y IND.2'O IND.3'). O YAG apresenta estrutura cristalina cúbica, expansão térmica isotrópica e não apresenta efeitos de birrefringência, o que possibilita a produção de cerâmica transparente para uso como material hospedeiro de íons terras-raras para o desenvolvimento de lasers de estado sólido. O ponto de partida em processamento cerâmico começa com o conhecimento das características físico-químicas do pó do composto. Em nosso trabalho, o objetivo foi o desenvolvimento de uma metodologia para a obtenção de nanopós de YAG de tamanhos médios diferenciados. Para isso foram realizados distintos processos químicos de síntese, e também, foram utilizados diferentes processos de separação, como a centrifugação e a sedimentação. Na produção das nanopartículas foram utilizados três métodos de síntese: Método de Pechini, Rota Glicerol e Método de Coprecipitação. No método de Pechini avaliou-se o efeito de diferentes valores de pH (1, 4, 7, 9 e 11) e procurou-se correlacionar com os tamanhos médios das nanopartículas. Após a obtenção do pó precursor foram realizadas medidas de decomposição térmica (DSC e TG), observando as principais transformações físico-químicas do material decorrentes dos diferentes métodos de síntese. A formação da fase cristalina do YAG foi determinada por difração de raios X e uma análise estrutural foi efetuada por espectroscopia de infravermelho. Medidas de área superficial específica (BET) foram usadas para avaliar o tamanho médio das partículas.Nanopós de YAG com diferentes intervalos de tamanhos foram produzidos, e o rendimento para cada intervalo de tamanho definido
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.09.2011
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VERONEZE, Tatiana; HERNANDES, Antonio Carlos. Desenvolvimento de metodologia para a produção de nanopartículas de 'Y IND.3'AL IND.5'O IND.12' (YAG) de tamanhos médios diferenciados. 2011.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/88/88131/tde-26072012-113427/pt-br.php >.
    • APA

      Veroneze, T., & Hernandes, A. C. (2011). Desenvolvimento de metodologia para a produção de nanopartículas de 'Y IND.3'AL IND.5'O IND.12' (YAG) de tamanhos médios diferenciados. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/88/88131/tde-26072012-113427/pt-br.php
    • NLM

      Veroneze T, Hernandes AC. Desenvolvimento de metodologia para a produção de nanopartículas de 'Y IND.3'AL IND.5'O IND.12' (YAG) de tamanhos médios diferenciados [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/88/88131/tde-26072012-113427/pt-br.php
    • Vancouver

      Veroneze T, Hernandes AC. Desenvolvimento de metodologia para a produção de nanopartículas de 'Y IND.3'AL IND.5'O IND.12' (YAG) de tamanhos médios diferenciados [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/88/88131/tde-26072012-113427/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019