Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A região metropolitana de Manaus e as migrações pendulares (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: EHNERT, ALEXANDRE RICARDO VON - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Subjects: MIGRAÇÃO
  • Keywords: Manaus; Metropolitan Region; Pendularidade; Pendularity; Região; Região Metropolitana; Region
  • Language: Português
  • Abstract: Esta pesquisa tem como objetivo analisar os processos de migrações pendulares verificados entre os municípios pertencentes à Região Metropolitana de Manaus. Para isto buscaremos compreender como se deu o processo de constituição desta região, bem como a relação de sua criação com a lógica de criação de Regiões Metropolitanas no Brasil. Duas de suas características que a colocam em situação de diferença é, em princípio, sua dimensão, 101.475 Km², e sua distribuição, dada em uma área de características predominantemente rural, florestal e sem conurbação, onde a cidade mais próxima do centro da cidade Manaus é a do Careiro da Várzea, a 22 km de distância e a mais distante é a de Itacoatiara, com 177 km, ambas por linha reta, sendo que a primeira se liga a capital apenas através de barcos, e a segunda através de rodovia. A Região Metropolitana de Manaus se apresenta como um arquipélago onde Manaus pode ser compreendida como resultado de uma urbanização macrocefálica, praticamente vinte vezes maior que o segundo municípios, Itacoatiara, e mais de cem vezes o de menor população, Careiro da Várzea, sendo que esses municípios se apresentam como resultado de uma urbanização ainda insipiente, apresentando muitas características rurais. Frente a isto buscamos quantificar e qualificar os fluxos de trabalhadores e estudantes diários, observados entre os municípios, tendo como ênfase de análise os municípios com maior propensão à integração com a cidade de Manaus, Careiro da Várzea eIranduba, pois são as que se encontram separadas da capital apenas por curso d´água. Entre Manaus e Iranduba especificamente analisaremos como a construção da Ponte sobre o Rio Negro possibilitará o processo de urbanização acelerada em Iranduba, bem como a especulação gerada pelo capital imobiliário no município. Frente a isto buscamos compreender qual o papel do Poder público, no modelo de desenvolvimento que se espera para a região
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.03.2012
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH2295919-2011388N
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      EHNERT, Alexandre Ricardo von; ALVES, Gloria da Anunciacao. A região metropolitana de Manaus e as migrações pendulares. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-17082012-094101/ >.
    • APA

      Ehnert, A. R. von, & Alves, G. da A. (2012). A região metropolitana de Manaus e as migrações pendulares. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-17082012-094101/
    • NLM

      Ehnert AR von, Alves G da A. A região metropolitana de Manaus e as migrações pendulares [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-17082012-094101/
    • Vancouver

      Ehnert AR von, Alves G da A. A região metropolitana de Manaus e as migrações pendulares [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde-17082012-094101/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: