Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo do impacto psicológico na intercorrência cirúrgica: trauma e seus efeitos pós-traumáticos (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PRADO, MARIA ANGELICA PEREIRA - IP
  • USP Schools: IP
  • Sigla do Departamento: PSC
  • Subjects: PSICANÁLISE; COMPLICAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS
  • Keywords: Disruptive; Disruptivo; Psychic trauma; Trauma psiquico
  • Language: Português
  • Abstract: O proposito deste estudo e avaliar o impacto psicologico da vivencia hospitalar de individuos que sofrem complicacoes pos-operatoria, partindo do pressuposto de que a intercorrencia agrava o quadro clinico com repercussoes na esfera psiquica destes pacientes. Teoricamente enfoca a evolucao do conceito de trauma na teoria freudiana, partindo do desamparo primordial (hilflosigkeit) ate a nova concepcao de angustia, levando em consideracao o fator economico, a nocao de a posteriori (nachträglichkeit) e a compulsao a repeticao. Com o intuito de ampliar a compreensao do fenomeno, o estudo percorre a etiologia do trauma para outros teoricos: Sandor Ferenczi, sobre o narcisismo da doenca; Donald W. Winnicott, que correlaciona o trauma a vivencia do fracasso do ambiente, a imprevisibilidade, ao excesso de tempo de exposicao a situacao desorganizadora, e a elevacao do nivel de dependencia. A constancia desta situacao leva ao que Maksud Khan nomeou de trauma cumulativo. A hipotese e a de que esta experiencia hospitalar pode promover um trauma psiquico, na medida em que o individuo se ve diante de uma situacao imprevisivel, que pode lhe causar transbordamento emocional pelo estado de desamparo, impotencia e risco da perda de sua integridade fisica -, que inibe uma elaboracao psiquica. Apos a alta hospitalar tais fatores podem, ainda, desencadear efeitos pos-traumaticos, acarretando-lhe, assim, uma dificuldade adaptativa. Para Moty Benyakar isto significa que o evento disruptivo podepromover um vivenciar traumatico dado a magnitude do impacto no psiquismo. Metodologicamente, para melhor compreensao do processo psiquico, faz-se um estudo longitudinal, de seis sujeitos, iniciando enquanto estes se encontram hospitalizados (situacao potencialmente traumatica), tres e seis meses apos a alta hospitalar. Na aplicacao do metodo qualitativo o estudo baseia-se na coleta de dados com entrevistas e na aplicacao reduzida da tecnica projetiva do TAT (Thematic Apperception Test). Pelo metodo quantitativo os pacientes sao submetidos a aplicacao da escala de avaliacao do transtorno de estresse pos-traumatico (CAPS Clinician Administred PTDS Scale). Esta pesquisa foi realizada em Hospital Escola de Universidade Publica, apos a aprovacao do Comite de Etica desta instituicao e do Comite de Etica para Seres Humanos do Instituto de Psicologia da Universidade de Sao Paulo. Atraves dos resultados obtidos na pesquisa pode-se constatar que ha uma relacao direta entre o evento e os seus efeitos no psiquismo. Pelo proprio carater disruptivo da instituicao hospitalar, dos encargos dos problemas de saude e do entorno (familiar, socioeconomico) o individuo vivencia uma vulnerabilidade fisica e psiquica. Contudo constatou-se que a dimensao da repercussao psiquica esta diretamente associada ao quadro clinico dos pesquisados, e ao tempo que ficam expostos a situacao potencialmente traumatica. Sendo este um fator fundamental na incidencia dos sintomas do Transtorno de EstressePos-traumatico. Com base neste estudo psicologico das complicacoes pos-operatorias, espera-se possibilitar aos profissionais de saude um novo olhar ao promover sua conscientizacao sobre problemas advindos desta experiencia, nao so aos individuos como, tambem, aos familiares, levantando a possibilidade de, se necessario, recorrerem a uma assistencia psicologica e/ou psiquiatrica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.05.2012
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IP12300053451T RC504 P896e e.1
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PRADO, Maria Angelica Pereira; RODRIGUES, Avelino Luiz. Estudo do impacto psicológico na intercorrência cirúrgica: trauma e seus efeitos pós-traumáticos. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde-22082012-110823/ >.
    • APA

      Prado, M. A. P., & Rodrigues, A. L. (2012). Estudo do impacto psicológico na intercorrência cirúrgica: trauma e seus efeitos pós-traumáticos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde-22082012-110823/
    • NLM

      Prado MAP, Rodrigues AL. Estudo do impacto psicológico na intercorrência cirúrgica: trauma e seus efeitos pós-traumáticos [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde-22082012-110823/
    • Vancouver

      Prado MAP, Rodrigues AL. Estudo do impacto psicológico na intercorrência cirúrgica: trauma e seus efeitos pós-traumáticos [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde-22082012-110823/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: