Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeitos da estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS) no desenvolvimento fetal e na expressão de marcadores relacionados à hipóxia em um modelo experimental de insuficiência placentária (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CÂMARA, NIELS OLSEN SARAIVA - ICB
  • USP Schools: ICB
  • Subjects: IMUNOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Frente aos altos índices de morbimortalidade fetal relacionados a gestações complicadas por insuficiência placentária e restrição do crescimento intra-uterino e baseado em trabalhos que citam a Estimulação Elétrica Nervosa Transcutânea (TENS) como forma de tratamento da insuficiência placentária, o presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito da TENS sobre o desenvolvimento feto-placentário em gestações com restrição do fluxo sanguíneo uterino. 8 fêmeas (Rattus norvegicus albinus), linhagem Wistar, entre 2 a 4 meses de idade e peso entre 230 e 340 g, foram submetidas à cirurgia de ligadura unilateral da artéria uterina (corno contralateral utilizado como controle) no 15º dia de gestação (dg), e distribuídas em 4 grupos: ligadura com estímulo (LE), ligadura sem estímulo (LS), controle com estímulo (CE) e controle sem estímulo (CS). As sessões de eletroestimulação foram realizadas do pós-operatório imediato até a eutanásia (no 19º dg), com frequência de 80 Hz, duração de pulso de 200 μs e intensidade entre 4 a 6 mA, 1 sessão/dia. Foram analisadas medidas fetais externas como comprimento vértice-sacro (CVS), distâncias fronto-occipital (DFO), torácica ventro-dorsal (DTVD) e abdominal ventro-dorsal (DAVD) e área ocupada por órgãos fetais internos como encéfalo (AE), pulmão (AP) e fígado (AF). Após a técnica de imuno-histoquímica, foi analisada a expressão do transportador de glicose 1 (GLUT-1) no encéfalo, pulmão e fígado fetais. Pela técnica de Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) em tempo real, foi analisada a expressão de marcadores placentários como o Fator Induzível pela Hipóxia alfa (HIF-1α), Interferon gama (IFNγ), Óxido Nítrico Sintase Induzível (iNOS)e a proteína p53. Na análise estatística, para avaliar os efeitos da ligadura e do estímulo, foi utilizado o teste t de student nos casos de distribuição normal, ou Mann-Whitney para os demais casos. Para a comparação entre os grupos, nos casos de distribuição normal foi utilizado o teste One Way ANOVA seguido pelo teste de Tukey, ou Kruskal-Wallis seguido pelo teste de Dunn nos demais casos. Protocolo de aprovação nº 35 CEUA/UFTM. Os casos estimulados apresentaram menor DFO (6,2 x controle:6,8mm), DTVD (6,3 x controle:6,8mm), DAVD (7,3 x controle:7,8mm), AF (71,5 x controle:78,7μm2) e maior expressão de GLUT-1 no encéfalo (1,3 x controle:0,8%), pulmão (3,7 x controle:2,4 %) e fígado (6,8 x controle:5,0%) fetais, e de IFNγ na placenta (0,6 x controle:0,2). Na comparação entre os grupos, no grupo LE houve redução de CVS (25,9 x LS:27,5; CE:28,9; CS:30,1mm), DFO (5,8 x LS:6,6; CE: 6,6; CS:7,3mm), DTVD (5,9 x LS:6,4; CE:6,8; CS:7,2mm), DAVD (6,7 x LS:7,3; CE:8,0; CS:8,6mm), AE (69,8 x LS:71,3 x CE:77,8 x CS:81,7μm2), AP (24,2 x LS:24,8 x CE:32,4 x CS:29,3μm2) e AF (60,4 x LS:73,5 x CE:85,2 x CS:81,9μm2) e maior expressão de GLUT-1 no encéfalo (1,4 x LS:0,9; CE:1,2; CS:0,7%), pulmão (4,0 x LS:2,0; CE:3,3; CS:2,6%) e fígado (7,4 x LS:4,6; CE:5,8; CS:5,7%). A expressão de IFNγ na placenta foi maior nos grupos CE (0,6) e LE (0,6) x (LS:0,2; CS:0,3). Nos parâmetros de estimulação utilizados no presente estudo, a TENS demonstrou ter efeitos negativos para o desenvolvimento feto-placentário.
  • Imprenta:
  • Source:
  • Conference titles: Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental (FeSBE)

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GUIMARÃES, C. S. O.; ROCHA, L. P.; PUCCI, K. R. M.; et al. Efeitos da estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS) no desenvolvimento fetal e na expressão de marcadores relacionados à hipóxia em um modelo experimental de insuficiência placentária. Anais.. São Paulo: FeSBE, 2012.
    • APA

      Guimarães, C. S. O., Rocha, L. P., Pucci, K. R. M., Glória, M. A. D., Costa, M. C., Rocha, L. B., et al. (2012). Efeitos da estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS) no desenvolvimento fetal e na expressão de marcadores relacionados à hipóxia em um modelo experimental de insuficiência placentária. In Resumos. São Paulo: FeSBE.
    • NLM

      Guimarães CSO, Rocha LP, Pucci KRM, Glória MAD, Costa MC, Rocha LB, Câmara NOS, Reis MA, Corrêa RRM. Efeitos da estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS) no desenvolvimento fetal e na expressão de marcadores relacionados à hipóxia em um modelo experimental de insuficiência placentária. Resumos. 2012 ;
    • Vancouver

      Guimarães CSO, Rocha LP, Pucci KRM, Glória MAD, Costa MC, Rocha LB, Câmara NOS, Reis MA, Corrêa RRM. Efeitos da estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS) no desenvolvimento fetal e na expressão de marcadores relacionados à hipóxia em um modelo experimental de insuficiência placentária. Resumos. 2012 ;