Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Expressão de RANTES, eotaxina-2, ICAM-1, LFA-1 e CCR-3 em pacientes com rinossinusite crônica com po (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CAVALLARI, FRANSERGIO EMILIO MANTOVANI - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: ROO
  • Subjects: PÓLIPOS NASAIS; CITOCINAS; SINUSITE
  • Language: Português
  • Abstract: A polipose nasossinusal (PNS) é uma doença inflamatória da mucosa nasal, frequentemente relacionada à eosinofilia, cujo mecanismo de ação ainda não está bem elucidado. Atualmente, uma série de citocinas, quimiocinas, moléculas de adesão e seus receptores tem seu papel estudado na doença. Objetivos: Comparar a expressão gênica das quimiocinas RANTES, da eotaxina-2, do seu receptor CCR-3, da molécula de adesão ICAM-1 e do seu receptor LFA-1 entre pólipos nasais (PNs) (n=35) e mucosa nasal controle (n=15); avaliar a correlação entre a expressão dos mediadores e a quantidade de eosinófilos no tecido e também a relação entre a eosinofilia e a recidiva da PNS. Metodologia: A expressão gênica dos mediadores foi quantificada pela técnica de PCR em tempo real em PNs e mucosas de concha média de pacientes sem doenças nasais ou alteração endoscópica; e as amostras foram analisadas histologicamente com microscopia óptica. A recidiva foi avaliada por meio de questionário preenchido em retornos ambulatoriais no pós-operatório. Resultados: Pólipos eosinofilicos apresentam maior expressão de eotaxina-2 e RANTES, mas não de CCR-3, ICAM-1 e LFA-1, quando comparados às mucosas nasais controles; não houve correlação direta entre a expressão dos genes acima e o grau de eosinofilia tecidual; a eosinofilia relaciona-se positivamente com a recidiva da PNS. Conclusões: O presente estudo comprova a estreita relação entre pólipos eosinofilicos e a expressão de quimiocinas de padrão inflamatório Th2, confirmando a reverberação do processo inflamatório nesse sentido; induzindo, com isso, franca e continua eosinofilia no tecido, mesmo sem estar diretamente ligada à quantidade de eosinófilos. A eosinofilia tecidual confirma-se como fator fortemente relacionado à agressividade da PNS. A possível instituição de medicamentos que inibissem a expressão dessas quimiocinas poderia auxiliar na diminuiçãodo processo inflamatório presente na rinossinusite crônica (RSC) com PN
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.05.2012

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200064293Cavallari, Fransérgio Emílio Mantovani
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAVALLARI, Fransérgio Emílio Mantovani; ANSELMO-LIMA, Wilma T. Expressão de RANTES, eotaxina-2, ICAM-1, LFA-1 e CCR-3 em pacientes com rinossinusite crônica com po. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012.
    • APA

      Cavallari, F. E. M., & Anselmo-Lima, W. T. (2012). Expressão de RANTES, eotaxina-2, ICAM-1, LFA-1 e CCR-3 em pacientes com rinossinusite crônica com po. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Cavallari FEM, Anselmo-Lima WT. Expressão de RANTES, eotaxina-2, ICAM-1, LFA-1 e CCR-3 em pacientes com rinossinusite crônica com po. 2012 ;
    • Vancouver

      Cavallari FEM, Anselmo-Lima WT. Expressão de RANTES, eotaxina-2, ICAM-1, LFA-1 e CCR-3 em pacientes com rinossinusite crônica com po. 2012 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: