Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Discurso sobre episiotomia nos livros populares sobre gravidez e parto comercializados no Brasil (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: NIY, DENISE YOSHIE - FSP
  • USP Schools: FSP
  • Sigla do Departamento: HSM
  • Subjects: EPISIOTOMIA; PARTO; EDUCAÇÃO EM SAÚDE; ANÁLISE DO DISCURSO; LIVROS (ANÁLISE DO DISCURSO); SAÚDE DA MULHER
  • Keywords: Bibliografia como Assunto; Bibliography as Topic; Episiotomy; Health Education; Parturition
  • Language: Português
  • Abstract: Resumo Introdução: Desde meados da década de 1980 existem evidências científicas sólidas para que a episiotomia não seja praticada de modo rotineiro, porém, ela continua sendo amplamente realizada, no Brasil inclusive. A alfabetização em saúde compreende a capacidade de buscar informações e convertê-las em ações. Os livros para gestantes comercializados no país podem ou não contribuir para a alfabetização em saúde da mulher no que se refere à episiotomia. Objetivo: Descrever o conteúdo relativo à episiotomia de livros sobre gravidez e parto disponíveis no Brasil e analisar seus possíveis efeitos de sentido. Métodos: Foram selecionados 11 livros sobre gravidez publicados no Brasil a partir de buscas em lojas virtuais. Todo o conteúdo sobre episiotomia foi destacado para leitura. Conforme aporte teórico de Patrick Charaudeau, esse conteúdo foi descrito quanto a identificação e qualificação da episiotomia, qualificação de seus riscos e benefícios e qualificação das alternativas à episiotomia. Resultados: Apenas quatro livros mencionam a episiotomia, que é identificada também como corte, incisão, procedimento, intervenção, entre outros termos. De modo geral, a episiotomia é qualificada quanto ao que ela supostamente evita, a lesão perineal, que seria também um dos seus principais benefícios, segundo as obras analisadas, o que não condiz com as evidências científicas. Os riscos da episiotomia, quando abordados, são minimizados e os métodos de proteção do períneo raramente sãoexpostos. Os livros analisados refletem o atual panorama da assistência ao parto no Brasil, em que a episiotomia ou é um procedimento invisível ou tem seus efeitos adversos minimizados ou mesmo ignorados. Conclusão: O discurso das obras está descolado das evidências científicas no que se refere à episiotomia. Os textos analisados reforçam a posição do médico como detentor do conhecimento e não contribuem para a alfabetização em saúde da mulher
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.08.2012
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FSP11800051176Mtr 1917
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NIY, Denise Yoshie; CUENCA, Angela Maria Belloni. Discurso sobre episiotomia nos livros populares sobre gravidez e parto comercializados no Brasil. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6136/tde-10092012-105011/ >.
    • APA

      Niy, D. Y., & Cuenca, A. M. B. (2012). Discurso sobre episiotomia nos livros populares sobre gravidez e parto comercializados no Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6136/tde-10092012-105011/
    • NLM

      Niy DY, Cuenca AMB. Discurso sobre episiotomia nos livros populares sobre gravidez e parto comercializados no Brasil [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6136/tde-10092012-105011/
    • Vancouver

      Niy DY, Cuenca AMB. Discurso sobre episiotomia nos livros populares sobre gravidez e parto comercializados no Brasil [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6136/tde-10092012-105011/