Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo do eletrocardiograma ambulatorial, eletrocardiograma de alta resolução (ECGAR) e variabilidade da frequência cardíaca como indicadores prognósticos na cardiomiopatia arritmogênica de cães Boxer (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CHAMAS, PATRICIA PEREIRA COSTA - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCM
  • Subjects: ARRITMIA (VETERINÁRIA); CARDIOPATIAS (VETERINÁRIA); SISTEMA NERVOSO SIMPÁTICO (VETERINÁRIA)
  • Keywords: Arhythmogenic cardiomyopathy; Arritmias ventriculares; Boxer dogs; Cães Boxer; Cardiomiopatia arritmogênica; Eletrocardiograma de alta resolução; Heart rate variabillity; Signal-averaged electrocardiogram; Variabilidade da frequência cardíaca; Ventricular arrhythmias
  • Language: Português
  • Abstract: A cardiomiopatia arritmogênica do ventrículo direito (CAVD) é uma doença miocárdica genética e hereditária, com alta prevalência entre os cães da raça Boxer, causada por alterações nos genes que codificam os receptores de rianodina ou os desmossomos cardíacos. Caracteriza-se, histologicamente, por atrofia de miócitos do ventrículo direito, principalmente, com reposição por tecido adiposo e fibroso. Tais lesões causam instabilidade elétrica do miocárdio, com consequente aparecimento de arritmias ventriculares por re-entrada. Os animais afetados podem apresentar-se assintomáticos ou com frequentes episódios de síncope ou morte súbita; ainda, podem desenvolver uma forma mais grave da doença, com dilatação ventricular e disfunção sistólica, evoluindo para insuficiência cardíaca congestiva. Devido à escassez de estudos determinando fatores preditivos para a ocorrência de morte de origem cardíaca nestes animais, o presente estudo objetivou avaliar o valor prognóstico das variáveis de eletrocardiografia ambulatorial (Holter), eletrocardiografia de alta resolução (ECGAR) e variabilidade de frequência cardíaca (VFC) na CAVD do Boxer. Para tanto, tais parâmetros foram avaliados em 92 cães, distribuídos de acordo com a raça ou o estágio da doença em cinco grupos: cãescontrole da raça Pastor Alemão (grupo PA), cães-controle da raça Boxer (grupo BC), cães Boxer suspeitos para CAVD (grupo BSUS), cães Boxer afetados pela CAVD (grupo BCAVD) e cães Boxer com CAVD e disfunção sistólica (grupoBDS). Foram encontrados potenciais tardios ao ECGAR em poucos cães do grupo CAVD (21,05%); no entanto, dentre os cães do grupo BDS este percentual foi bem mais expressivo (83,33%), demonstrando que a sensibilidade deste exame é maior em estágios mais avançados da doença. Apesar da observação destes potenciais tardios, as variáveis analisadas ao ECGAR não apresentaram correlação com a sobrevida dos cães com CAVD. Também não se constituíram em fatores preditivos de morte os índices de VFC. Apenas a idade do animal no momento do diagnóstico, a ocorrência de taquicardia ventricular não sustentada e de extrassístoles supraventriculares ao Holter apresentaram-se como fatores prognósticos na sobrevida dos cães Boxer com CAVD. As variáveis de ECGAR e VFC não evidenciaram correlação com o número ou grau das arritmias ventriculares registradas ao Holter dos cães Boxer com CAVD, demonstrando que a gênese destas arritmias não está relacionada à disfunção do sistema nervoso simpático
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.01.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMVZ11300054096T.2403 FMVZ
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CHAMAS, Patrícia Pereira Costa; LARSSON, Maria Helena Matiko Akao. Estudo do eletrocardiograma ambulatorial, eletrocardiograma de alta resolução (ECGAR) e variabilidade da frequência cardíaca como indicadores prognósticos na cardiomiopatia arritmogênica de cães Boxer. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-28052012-144230/ >.
    • APA

      Chamas, P. P. C., & Larsson, M. H. M. A. (2011). Estudo do eletrocardiograma ambulatorial, eletrocardiograma de alta resolução (ECGAR) e variabilidade da frequência cardíaca como indicadores prognósticos na cardiomiopatia arritmogênica de cães Boxer. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-28052012-144230/
    • NLM

      Chamas PPC, Larsson MHMA. Estudo do eletrocardiograma ambulatorial, eletrocardiograma de alta resolução (ECGAR) e variabilidade da frequência cardíaca como indicadores prognósticos na cardiomiopatia arritmogênica de cães Boxer [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-28052012-144230/
    • Vancouver

      Chamas PPC, Larsson MHMA. Estudo do eletrocardiograma ambulatorial, eletrocardiograma de alta resolução (ECGAR) e variabilidade da frequência cardíaca como indicadores prognósticos na cardiomiopatia arritmogênica de cães Boxer [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-28052012-144230/