Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise do proteoma e do sistema antioxidante de cana-de-açúcar em resposta à colonização por Leifsonia xyli subsp. xyli, agente causal do raquitismo-das-soqueiras (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CARVALHO, GISELLE DE - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: BACTÉRIAS FITOPATOGÊNICAS; CANA-DE-AÇÚCAR; ESTRESSE OXIDATIVO; RAQUITISMO DAS SOQUEIRAS
  • Keywords: Detecção por patógenos; Interação planta-microrganismos; Proteômica; Reação em cadeia por polimerase
  • Language: Português
  • Abstract: A cana-de-açúcar, é atualmente a cultura mais plantada no estado de São Paulo, apresentando grande importância no setor agrícola. Assim como qualquer outra cultura, é hospedeira de uma série de patógenos que podem limitar sua produção. A bactéria fastidiosa Leifsonia xyli subsp. xyli (Lxx) é o agente causal do raquistismo-das-soqueiras (RSD) em canade- açúcar cujo o principal sintoma é a redução acentuada do crescimento observada em plantas adultas. Essa doença é de difícil diagnose pois a evolução dos sintomas é lenta devido à natureza fastidiosa da bactéria. Lxx pode ser considerada como um endófíto obrigatório que cresce a níveis patogênicos nos tecidos da planta dependendo de estímulos bióticos e abióticos. Devido à importância da cultura e aos danosoCasionados pela Lxx, este trabalho apresentou dois enfoques principais: o primeiro foi o desenvolvimento de um protocolo para quantificação de Lxx em tecido de cana-de-açúcar por meio da técnica de PCR quantitativo em tempo real; o segundo foi o estudo da interação entre cana-de-açúcar e Lxx, em busca de uma melhor compreensão da evolução desse processo através da identificação de proteínas que apresentaram alteração em abundância ao longo do tempo em função da colonização pela bactéria em duas variedades de cana (RB835486 e SP80-3280) e em seguida enfatizando o sistema antioxidante nesta relação. Para isso, foram desenvolvidos primers específicos para detecção de Lxx que permitiram quantificar baixos níveis bacterianos emtecido foliar, revelando diferenças entre variedades segundo a cinética do crescimento bacteriano. Plantas com diferentes títulos bacterianos obtidas mediante inoculação artificial ou não foram submetidas à análise proteômica por meio da técnica de 2D-DIGE, uma vez que para o RSD, os danos estão relacionados à alta colonização de Lxx em seus tecidos. Os resultados alcançados com o sequenciamento de proteínas que apresentaram alteração em abundância revelaram que, em plantas da variedade RB835486 observou-se repressão de proteínas da via de estresse oxidativo e metabolismo primário, em contraste com a variedade SP80-3280, que apresentou aumento da abundância de proteínas relacionadas à via de estresse oxidativo, ambas para o mesmo tratamento, em plantas não inoculadas artificialmente. Já em plantas inoculadas com Lxx foram identificadas alteração na abundância de proteínas relacionadas ao crescimento da planta, ciclo celular, vias de sinalização celular e hormonal, esses resultados são consistentes com o principal sintoma da doença, o raquitismo, pois indica que as alterações temporais observadas na expressão de proteínas relacionadas com o aumento do título de Lxx in planta podem resultar em alterações do equilíbrio hormonal e menor crescimento da planta. Alguns resultados observados com a análise bioquímica corroboram com os dados acima descritos, pois a variedade RB835486 apresentou uma resposta precoce ao estresse oxidativo e mostrou maior controle do crescimentobacteriano, o que pode estar relacionado ao balanço de ERO\'s (espécies reativas de oxigênio) utilizadas pelo metabolismo como sinalizador celular na interação planta-patógeno. Em contraste, a variedade SP80-3280, em sua maioria, apresentou indução da atividade de enzimas antioxidantes mais tardiamente, momento em que a bactéria Lxx apresentou os maiores títulos de crescimento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.08.2012
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARVALHO, Giselle de; AZEVEDO, Ricardo Antunes de; CAMARGO, Luis Eduardo Aranha. Análise do proteoma e do sistema antioxidante de cana-de-açúcar em resposta à colonização por Leifsonia xyli subsp. xyli, agente causal do raquitismo-das-soqueiras. 2012.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-18092012-141357/ >.
    • APA

      Carvalho, G. de, Azevedo, R. A. de, & Camargo, L. E. A. (2012). Análise do proteoma e do sistema antioxidante de cana-de-açúcar em resposta à colonização por Leifsonia xyli subsp. xyli, agente causal do raquitismo-das-soqueiras. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-18092012-141357/
    • NLM

      Carvalho G de, Azevedo RA de, Camargo LEA. Análise do proteoma e do sistema antioxidante de cana-de-açúcar em resposta à colonização por Leifsonia xyli subsp. xyli, agente causal do raquitismo-das-soqueiras [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-18092012-141357/
    • Vancouver

      Carvalho G de, Azevedo RA de, Camargo LEA. Análise do proteoma e do sistema antioxidante de cana-de-açúcar em resposta à colonização por Leifsonia xyli subsp. xyli, agente causal do raquitismo-das-soqueiras [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-18092012-141357/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019