Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Tainhas (Mugil liza, Valenciennes, 1836) infectadas por Ascocotyle (Phagicola) longa em São Paulo: ocorrência, importância na saúde pública, estratégias de controle e sua representatividade cultural (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CITTI, ANDRÉ LEE - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VPS
  • Subjects: PARASITOSE ANIMAL; PESCADO; SAÚDE PÚBLICA; TAÍNHA
  • Keywords: Ascocotyle (Phagicola) longa; Ascocotyle (Phagicola) longa; Mugil liza; Mugil Liza; Fagicolose; Mullets; Phagicolosis; Public Health; Saúde Pública; Tainha
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo teve por objetivos pesquisar a presença de metacercárias de Ascocotyle (Phagicola) longa em amostras de tainha comercializada na CEAGESP/SP e, relatar a importância da tainha ao longo do tempo, apresentando sua história, descrevendo sua pesca no Estado de São Paulo e a sua representatividade socioeconômica e cultural. O presente trabalho foi estruturado em quatro capítulos. O primeiro faz uma síntese da importância do pescado como alimento, no contexto da segurança alimentar, ressalta a sua participação como potencial transmissor de agente parasitário de caráter zoonótico, mais especificamente Ascocotyle (Phagicola) longa. No capitulo dois, é feita a descrição da biologia da tainha (Mugil liza), do trematódio digenético Ascocotyle (Phagicola) longa e a pesquisa a campo da presença de metacercárias do parasito em amostras de tainha provenientes do maior mercado atacadista de pescado da América Latina CEAGESP/SP. A construção do terceiro capítulo utilizou metodologia de qualitativa, descritiva e de caráter exploratório, considerada a mais coerente com o perfil do estudo, em virtude da escassez quase completa de publicações sobre o tema. Como resultados obteve-se 100% (92/92) das amostras infectadas com metacercárias de Ascocotyle (Phagicola) longa, permitindo recomendar o consumo de tainha exclusivamente cozida ou assada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.02.2011
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CITTI, André Lee; BALIAN, Simone de Carvalho. Tainhas (Mugil liza, Valenciennes, 1836) infectadas por Ascocotyle (Phagicola) longa em São Paulo: ocorrência, importância na saúde pública, estratégias de controle e sua representatividade cultural. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-26072012-132239/ >.
    • APA

      Citti, A. L., & Balian, S. de C. (2011). Tainhas (Mugil liza, Valenciennes, 1836) infectadas por Ascocotyle (Phagicola) longa em São Paulo: ocorrência, importância na saúde pública, estratégias de controle e sua representatividade cultural. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-26072012-132239/
    • NLM

      Citti AL, Balian S de C. Tainhas (Mugil liza, Valenciennes, 1836) infectadas por Ascocotyle (Phagicola) longa em São Paulo: ocorrência, importância na saúde pública, estratégias de controle e sua representatividade cultural [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-26072012-132239/
    • Vancouver

      Citti AL, Balian S de C. Tainhas (Mugil liza, Valenciennes, 1836) infectadas por Ascocotyle (Phagicola) longa em São Paulo: ocorrência, importância na saúde pública, estratégias de controle e sua representatividade cultural [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-26072012-132239/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019