Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeito de alimentos e bebidas no esmalte dental decíduo após desafio erosivo com ácido clorídrico (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MESQUITA, KÉSSIA SUÊNIA FIDELIS DE - FORP
  • USP Schools: FORP
  • Sigla do Departamento: 807
  • Subjects: EROSÃO DE DENTE; ESMALTE DENTÁRIO; DENTE DECÍDUO; ALIMENTOS (EFEITOS); BEBIDAS (EFEITOS)
  • Keywords: Ácido clorídrico; deciduous tooth; dental erosion; drink; enamel; food; hydrochloric acid
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito, in vitro, de alguns alimentos e bebidas industrializados oferecidos como lanche às crianças, sobre o esmalte dental decíduo, após simulação de desafio erosivo intrínseco em função do tempo de exposição. A coroa de cento e dois incisivos decíduos hígidos foram fixadas em bases acrílicas, expondo-se uma área de 2mm de diâmetro da superfície vestibular. Os espécimes foram submetidos a um desafio erosivo com ácido clorídrico e divididos aleatoriamente em 6 grupos (n=17): Leite Achocolatado Toddynho (Pepsico) - controle negativo, Petit Suisse Danoninho (Danone), Iogurte de Morango (Vigor), Papinha de Maçã (Nestlé), Leite Fermentado Yakult (Yakult) e Suco de Laranja Caseira com Gominhos (del Valle) - controle positivo. Os ciclos de imersão nos produtos teste foram realizados durante 28 dias, 2x/dia, intercalados com saliva artificial. Medidas de microdureza superficial do esmalte foram realizadas inicialmente (baseline), após imersão em ácido clorídrico e com 7, 14, 21 e 28 dias de experimento. A Análise de Variância (ANOVA) a dois critérios, seguida pela decomposição da soma dos quadrados e pelo teste de Tukey apresentou diferença significativa a interação entre Lanches e Tempo (p= 0.0000). O suco de laranja foi o produto que resultou em maior perda mineral do esmalte aos 28 dias. Nenhum dos lanches utilizados foi capaz de recuperar a microdureza do esmalte dental decíduo ao longo do tempo final de exposição (28 dias). A análise qualitativa por meio de Microscopia Eletrônica de Varredura foi realizada ao término dos 28 dias de exposição aos produtos, observando-se destruição generalizada dos prismas de esmalte dos dentes decíduos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.05.2012
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FORP11700014460Mesquita, Késsia Suênia Fidelis de
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MESQUITA, Késsia Suênia Fidelis de; SERRA, Monica Campos. Efeito de alimentos e bebidas no esmalte dental decíduo após desafio erosivo com ácido clorídrico. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58135/tde-04072012-115105/ >.
    • APA

      Mesquita, K. S. F. de, & Serra, M. C. (2012). Efeito de alimentos e bebidas no esmalte dental decíduo após desafio erosivo com ácido clorídrico. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58135/tde-04072012-115105/
    • NLM

      Mesquita KSF de, Serra MC. Efeito de alimentos e bebidas no esmalte dental decíduo após desafio erosivo com ácido clorídrico [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58135/tde-04072012-115105/
    • Vancouver

      Mesquita KSF de, Serra MC. Efeito de alimentos e bebidas no esmalte dental decíduo após desafio erosivo com ácido clorídrico [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58135/tde-04072012-115105/