Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Aprendendo com o "nós": o trabalho em saúde e as práticas corporais com base na comunidade (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FREITAS, FABIANA FERNANDES DE - EEFE
  • USP Schools: EEFE
  • Sigla do Departamento: EFP
  • Subjects: SAÚDE PÚBLICA
  • Keywords: Body practices; Community; Comunidade; Estratégia saúde da família; Family health strategy; Health work; Práticas corporais; Trabalho em saúde
  • Language: Português
  • Abstract: As discussões em torno do tema comunidade têm sido recorrentes devido, particularmente, às implicações do modo de vida contemporâneo que acentua valores como o individualismo. Do ponto de vista conceitual comunidade é muitas vezes limitada à associação com grupos carentes, desconsiderando uma série de questões imbricadas no contexto, como o território, as relações entre as pessoas e a organização de grupos. Essa discussão é relevante também na área da saúde, pois ao lidar com a comunidade supõe-se que diversos fatores operam e coexistem e podem estar vinculados a atuação dos profissionais específicos. Assim, o objetivo dessa pesquisa foi compreender o trabalho em saúde e as práticas corporais a partir da comunidade, tanto do ponto de vista conceitual como das relações que a constituem, para encontrar elementos que possam orientar nossos saberes e práticas. A investigação, de natureza qualitativa, compreendeu duas etapas: a primeira, com profissionais coordenadores de equipe de saúde da família de cinco UBSs, do Distrito Butantã/SP, totalizando 22 entrevistas; a segunda, com a observação da comunidade COHAB Raposo Tavares e das atividades desenvolvidas, especialmente com as práticas corporais, em seu Centro Comunitário. As entrevistas mostraram como principais desafios: superar a herança do modelo de atenção à saúde centrado no referencial biomédico e criar estratégias para lidar com a complexidade das dinâmicas familiares e dos problemas dos territórios. (Continuação)(Continua) Os dilemas estiveram presentes no vínculo com a comunidade, variando entre uma aproximação positiva, de modo mais frequente, e o excesso dela; e, na composição das orientações, entre conhecimento técnico e modos de viver, valores e crenças das pessoas. As observações no Centro Comunitário indicaram, a despeito dos problemas que os moradores enfrentam, um potencial nos modos de ser da comunidade, sobretudo em relação ao apoio e a ajuda mútua. As práticas corporais não aparecem com destaque entre as ações, entretanto elas existem e se relacionam aos aspectos social e educativo, e sugerem a importância das atividades cotidianas e das relações estabelecidas entre as pessoas, reforçadas pela convivência no bairro, independente da faixa etária. É preciso considerar ainda o espaço do bairro para as práticas corporais, onde elas acontecem de maneira mais informal e espontânea. A referência da comunidade para pensar o trabalho em saúde e as práticas corporais orienta sobre os caminhos para um fazer mais compartido, reconhecido não só como uma técnica para obter resultados e mudanças que almejamos com as intervenções, mas, sobretudo, para ressignificá-las em meio à vida das pessoas e a maneira com que vemos nós mesmos no exercício profissional de convivência com o outro. O desafio que se coloca, portanto, não é pequeno, haja vista as dificuldades apontadas pelos profissionais nas entrevistas, mas que também expõem o valor do processo cotidiano de trabalho e das intervenções que fortalecem as relações entre profissional, serviço e comunidade. (Continuação)(Continua) Potencial que se mostra possível diante dos modos de ser da comunidade COHAB Raposo Tavares, que nos ensinam sobre a possibilidade de uma existência a partir de relações e valores mais solidários
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.09.2012
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FREITAS, Fabiana Fernandes de; CARVALHO, Yara Maria de. Aprendendo com o "nós": o trabalho em saúde e as práticas corporais com base na comunidade. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39133/tde-07122012-150234/ >.
    • APA

      Freitas, F. F. de, & Carvalho, Y. M. de. (2012). Aprendendo com o "nós": o trabalho em saúde e as práticas corporais com base na comunidade. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39133/tde-07122012-150234/
    • NLM

      Freitas FF de, Carvalho YM de. Aprendendo com o "nós": o trabalho em saúde e as práticas corporais com base na comunidade [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39133/tde-07122012-150234/
    • Vancouver

      Freitas FF de, Carvalho YM de. Aprendendo com o "nós": o trabalho em saúde e as práticas corporais com base na comunidade [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39133/tde-07122012-150234/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019