Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Produção e eficácia de anticorpos gerados contra glicolipídios de Paracoccidioides brasiliensis (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BUENO, RENATA AMELIA - FM
  • USP Schools: FM
  • Sigla do Departamento: MDT
  • Subjects: PARACOCCIDIOIDOMICOSE; PARACOCCIDIOIDES; IMUNIZAÇÃO PASSIVA; ANTICORPOS; GLICOPEPTÍDEOS; CAMUNDONGOS
  • Keywords: Antibodies; Glicolipídeos; Glycolipids; Mice; Paracoccidioides; Paracoccidioides; Paracoccidioidomycosis; Passive immunization
  • Language: Português
  • Abstract: A paracoccidioidomicose (PCM) é a infecção fúngica sistêmica de maior prevalência na América Latina, cujo agente etiológico, Paracoccidioides brasiliensis, é um fungo com estrutura de parede celular complexa constituída de proteínas, glicoproteínas, polissacarídeos, lipídeos, polipeptídios e melanina que reúnem condições físico-químicas e biológicas para atuarem como antígenos. Anticorpos direcionados contra antígenos presentes na parede de P. brasiliensis podem interferir no curso da doença. Os mecanismos com os quais anticorpos específicos medeiam à proteção contra fungos estão em processo de elucidação por vários grupos de pesquisadores. No entanto, estas moléculas podem ser protetoras, proporcionando o aumento da eficácia de células efetoras do hospedeiro contra o fungo e modular a produção de citocinas, entre outros processos. O tratamento da PCM é relativamente eficiente, porém, é muito longo, por isso alguns pacientes desistem ou não seguem adequadamente o tratamento, resultando em reativação do foco infeccioso. Nesse sentido, avaliamos o efeito da transferência passiva de anticorpos policlonais contra glicolipídios acídicos por meio de protocolos profiláticos e terapêuticos em animais infectados com P. brasiliensis. Nos ensaios in vivo, os resultados mostraram que os animais tratados apresentaram diminuição significante da carga fúngica e de danos nos tecidos dos pulmões. A dosagem de citocinas apontou aumento de IFN-? e IL-12, modulando a resposta imune para opadrão Th1. Ensaios in vitro demonstraram que o tratamento com anticorpos policlonais gerados contra os glicolipídios acídicos foram capazes de aumentar a atividade fagocítica, a produção de óxido nítrico e morte das leveduras de Pb 18, por macrófagos peritoneais J774. O tratamento com anticorpos policlonais contra antígenos de natureza glicolipídica mostrou ser importante ferramenta para a busca da cura da PCM
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.10.2012
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BUENO, Renata Amelia; TABORDA, Carlos Pelleschi. Produção e eficácia de anticorpos gerados contra glicolipídios de Paracoccidioides brasiliensis. 2012.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5133/tde-20122012-113241/ >.
    • APA

      Bueno, R. A., & Taborda, C. P. (2012). Produção e eficácia de anticorpos gerados contra glicolipídios de Paracoccidioides brasiliensis. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5133/tde-20122012-113241/
    • NLM

      Bueno RA, Taborda CP. Produção e eficácia de anticorpos gerados contra glicolipídios de Paracoccidioides brasiliensis [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5133/tde-20122012-113241/
    • Vancouver

      Bueno RA, Taborda CP. Produção e eficácia de anticorpos gerados contra glicolipídios de Paracoccidioides brasiliensis [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5133/tde-20122012-113241/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019