Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Mapeamento associativo de locos relacionados à produtividade de grãos em soja (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SIGRIST, MáRIO SéRGIO - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: DIVERSIDADE GENÉTICA; GENÉTICA DE POPULAÇÕES; GERMOPLASMA VEGETAL; SOJA
  • Language: Português
  • Abstract: O mapeamento associativo em soja tem sido recentemente utilizado como alternativa para o mapeamento de locos envolvidos no controle de características quantitativas em plantas. Dentre as vantagens, a técnica possibilita explorar a variabilidade genética disponível em bancos de germoplasma, permitindo maior resolução para a identificação de novos locos e alelos envolvidos no controle de características quantitativas. Um painel associativo composto por 89 genótipos provenientes de diversas regiões do mundo foi caracterizado em relação a 20 características fenotípicas e 114 marcadores moleculares microssatélites. Foram identificados 905 alelos, com média de 7,94 alelos/loco além de ampla variabilidade fenotípica, incluindo materiais mais produtivos em relação às testemunhas comerciais. Para associação entre marcadores e fenótipos, foi utilizada a abordagem de modelo linear misto (MLM), o qual incorpora informações de estrutura populacional e parentesco. Dos 114 marcadores utilizados, 78 foram responsáveis por 285 associações significativas com base nos diferentes métodos de correção para múltiplos testes, sendo 29 marcadores associados a uma única característica. As características produtividade de grãos, massa de 100 sementes, teor de óleo e teor de proteína foram associadas a 36 marcadores, sendo 30% destas associações previamente descritas na literatura. Algumas destas associações foram selecionadas para verificar o efeito alélico sobre o genótipo observado, gerandoinformações preliminares para a aplicação futura de seleção assistida por marcadores (SAM). O tamanho dos blocos de ligação foram estimados em ~20 cM (r2 < 0,05) e ~2 cM (r2 < 0,1), sugerindo a necessidade de 140 ou 1.300 marcadores para saturação completa do genoma no caso do painel associativo analisado. Os resultados obtidos deverão ser investigados futuramente a fim de confirmar as associações em diferentes populações
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.12.2012
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500125015t633.34 S578m e.1 103842
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SIGRIST, Mário Sérgio; PINHEIRO, José Baldin. Mapeamento associativo de locos relacionados à produtividade de grãos em soja. 2012.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-04012013-084610/ >.
    • APA

      Sigrist, M. S., & Pinheiro, J. B. (2012). Mapeamento associativo de locos relacionados à produtividade de grãos em soja. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-04012013-084610/
    • NLM

      Sigrist MS, Pinheiro JB. Mapeamento associativo de locos relacionados à produtividade de grãos em soja [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-04012013-084610/
    • Vancouver

      Sigrist MS, Pinheiro JB. Mapeamento associativo de locos relacionados à produtividade de grãos em soja [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-04012013-084610/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: