Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Metrics


Metrics:

Suscetibilidade diferencial de espécies convolvuláceas ao flumioxazin determinada através de curvas de dose-resposta (2013)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CHRISTOFFOLETI, PEDRO JACOB - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-83582013000100017
  • Subjects: CURVAS DE DOSE-RESPOSTA; HERBICIDAS; PLANTAS DANINHAS
  • Language: Português
  • Abstract: As plantas daninhas denominadas vulgarmente como corda-de-viola, pertencentes aos gêneros Ipomoea e Merremia, estão entre as mais importantes do Brasil. A identificação das espécies em campo, bem como o conhecimento da suscetibilidade específica a herbicidas, notadamente a flumioxazin, cuja tolerância específica é variável, são informações essenciais para uma recomendação racional de manejo. Com o intuito de determinar a suscetibilidade diferencial das convolvuláceas Ipomoea purpurea, Ipomoea hederifolia, Ipomoea triloba, Merremia cissoides e Merremia aegyptia, foram construídas curvas de dose-resposta com o flumioxazin, para obtenção dos controles percentuais de 50, 80, 95 e 99. Para isso, foram conduzidos dois experimentos em casa de vegetação; para cada espécie de planta daninha, os tratamentos herbicidas foram: 0, 7,81, 15,63, 31,25, 62,5, 125, 250, e 500 g de flumioxazin ha-1, aplicados em condições de pré-emergência. A partir dos resultados, conclui-se que a suscetibilidade ao flumioxazin, em ordem decrescente, é: Merremia aegyptia < Ipomoea hederifolia < Ipomoea triloba < Ipomoea purpurea < Merremia cissoides. As doses que proporcionam 80% de controle são, respectivamente pela ordem de espécies, de 238,6; 173,1; 84,7; 43,8; e 16,8 g de flumioxazin ha-1. Merremia aegyptia não é satisfatoriamente controlada pelo flumioxazin
  • Imprenta:
  • Source:
  • Acesso online ao documento

    DOI or search this record in
    Informações sobre o DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-83582013000100017 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: hybrid
    • Licença: cc-by-nc
    Versões disponíveis em Acesso Aberto do: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-83582013000100017 (Fonte: Unpaywall API)

    Título do periódico: Planta Daninha

    ISSN: 0100-8358

    • Melhor URL em Acesso Aberto:


    • Outras alternativas de URLs em Acesso Aberto:


        • Página do artigo
        • Evidência: oa journal (via doaj)
        • Licença: cc-by-nc
        • Versão: publishedVersion
        • Tipo de hospedagem: publisher


    Informações sobre o Citescore
  • Título: Planta Daninha

    ISSN: 0100-8358

    Citescore - 2017: 0.7

    SJR - 2017: 0.365

    SNIP - 2017: 0.749


  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC2325253-10Recurso online
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NICOLAI, M; OBARA, Flavio Eduardo Botelhos; MELO, M. S. C; et al. Suscetibilidade diferencial de espécies convolvuláceas ao flumioxazin determinada através de curvas de dose-resposta. Planta Daninha, Viçosa, v. 31, n. 1, p. 157-163, 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-83582013000100017.
    • APA

      Nicolai, M., Obara, F. E. B., Melo, M. S. C., Souza Junior, J. A., CANTALICE-SOUZA, R., & Christoffoleti, P. J. (2013). Suscetibilidade diferencial de espécies convolvuláceas ao flumioxazin determinada através de curvas de dose-resposta. Planta Daninha, 31( 1), 157-163. doi:http://dx.doi.org/10.1590/S0100-83582013000100017
    • NLM

      Nicolai M, Obara FEB, Melo MSC, Souza Junior JA, CANTALICE-SOUZA R, Christoffoleti PJ. Suscetibilidade diferencial de espécies convolvuláceas ao flumioxazin determinada através de curvas de dose-resposta. Planta Daninha. 2013 ; 31( 1): 157-163.
    • Vancouver

      Nicolai M, Obara FEB, Melo MSC, Souza Junior JA, CANTALICE-SOUZA R, Christoffoleti PJ. Suscetibilidade diferencial de espécies convolvuláceas ao flumioxazin determinada através de curvas de dose-resposta. Planta Daninha. 2013 ; 31( 1): 157-163.

    Referências citadas na obra
    Autor: ANDREI E
    Ano: 2009
    Autor: CAMPOS L. H. F.
    Título: Suscetibilidade de Ipomoea quamoclit, I. triloba e Merremia cissoides aos herbicidas sulfentrazone e amicarbazone
    Título do periódico: Planta Daninha
    Volume: 27
    Fascículo: 4
    Primeira página: 831
    Ano: 2009
    DOI: 10.1590/S0100-83582009000400022
    Autor: CARVALHO S. J. P.
    Primeira página: 69
    Ano: 2008
    Autor: CARVALHO S. J. P.
    Título: Herbicide selectivity by differential metabolism: considerations for reducing crop damages
    Título do periódico: Sci. Agric.
    Volume: 66
    Fascículo: 1
    Primeira página: 136
    Ano: 2009
    DOI: 10.1590/S0103-90162009000100020
    Autor: CARVALHO S. J. P.
    Título: Suscetibilidade diferencial de plantas daninhas do gênero Amaranthus aos herbicidas trifloxysulfuron-sodium e chlorimuron-ethyl
    Título do periódico: Planta Daninha
    Volume: 24
    Fascículo: 3
    Primeira página: 541
    Ano: 2006
    DOI: 10.1590/S0100-83582006000300017
    Autor: CHRISTOFFOLETI P. J.
    Ano: 2009
    Autor: CHRISTOFFOLETI P. J.
    Título: Conservation of natural resources in Brazilian agriculture: implications on weed biology and management
    Título do periódico: Crop Protec.
    Volume: 26
    Fascículo: 3
    Primeira página: 383
    Ano: 2007
    DOI: 10.1016/j.cropro.2005.06.013
    Autor: CHRISTOFFOLETI P. J.
    Título: Carfentrazone-ethyl aplicado em pós-emergência para o controle de Ipomoea spp. e C. benghalensis na cultura da cana-de-açúcar
    Título do periódico: Planta Daninha
    Volume: 24
    Fascículo: 1
    Primeira página: 83
    Ano: 2006
    DOI: 10.1590/S0100-83582006000100011
    Autor: CHRISTOFFOLETI P. J
    Título: Curvas de dose-resposta de biótipos resistente e suscetível de Bidens pilosa L. aos herbicidas inibidores da ALS
    Título do periódico: Sci. Agríc.
    Volume: 59
    Fascículo: 3
    Primeira página: 513
    Ano: 2002
    DOI: 10.1590/S0103-90162002000300016
    Autor: CORREIA N. M.
    Título: Eficácia de herbicidas aplicados nas épocas seca e úmida para o controle de Merremia aegyptia na cultura da cana-de-açúcar
    Título do periódico: Planta Daninha
    Volume: 28
    Fascículo: 3
    Primeira página: 631
    Ano: 2010
    DOI: 10.1590/S0100-83582010000300021
    Autor: DIAS A. C. R.
    Ano: 2009
    Autor: FRANS R. E.
    Primeira página: 29
    Ano: 1986
    Autor: HOLT J. S.
    Título: Mechanisms and agronomic aspects of herbicide resistance
    Título do periódico: Ann. Rev. Plant Physiol. Plant Molec. Biol.
    Volume: 44
    Primeira página: 203
    Ano: 1993
    DOI: 10.1146/annurev.pp.44.060193.001223
    Autor: JAREMTCHUK C. C.
    Título: Efeito residual de flumioxazin sobre a emergência de plantas daninhas em solos de texturas distintas
    Título do periódico: Planta Daninha
    Volume: 27
    Fascículo: 1
    Primeira página: 191
    Ano: 2009
    DOI: 10.1590/S0100-83582009000100024
    Autor: KUVA M. A
    Ano: 2006
    Autor: MATHIS W. D.
    Título: Control of six morningglory (Ipomoea spp) species in soybeans (Glycine max)
    Título do periódico: Weed Sci.
    Volume: 28
    Fascículo: 4
    Primeira página: 409
    Ano: 1980
    Autor: NICOLAI M
    Ano: 2009
    Autor: PERIM L.
    Título: Eficácia do herbicida amicarbazone no controle em pós-emergência de espécies de corda-de-viola (Ipomoea grandifolia e Merremia cissoides)
    Título do periódico: R. Bras. Herbic.
    Volume: 8
    Fascículo: 1
    Primeira página: 19
    Ano: 2009
    DOI: 10.7824/rbh.v8i1.64
    Autor: PRICE A. J.
    Título: Physiological basis for cotton tolerance to flumioxazin applied postemergence directed
    Título do periódico: Weed Sci.
    Volume: 52
    Fascículo: 1
    Primeira página: 1
    Ano: 2004
    DOI: 10.1614/WS-03-038R
    Autor: PRICE A. J
    Título: Physiological behavior of root-absorbed flumioxazin in peanut, ivyleaf morningglory (Ipomoea hederacea), and sicklepod (Senna obtusifolia)
    Título do periódico: Weed Sci.
    Volume: 52
    Primeira página: 718
    Ano: 2004
    DOI: 10.1614/WS-04-017R
    Autor: PROCÓPIO S. O.
    Ano: 2008
    Autor: RODRIGUES B. N.
    Ano: 2011
    Autor: STREIBIG J. C
    Título: Herbicide bioassay
    Título do periódico: Weed Res.
    Volume: 28
    Fascículo: 6
    Primeira página: 479
    Ano: 1988
    DOI: 10.1111/j.1365-3180.1988.tb00831.x
    Autor: VELINI E. D
    Ano: 1995
    Autor: ZIMDAHL R. L
    Ano: 2007