Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Discurso sobre a tuberculose: significância por e para sujeitos (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SOUZA, KÁREN MENDES JORGE DE - EERP
  • USP Schools: EERP
  • Sigla do Departamento: ERM
  • Subjects: TUBERCULOSE; ESTIGMA; PESQUISA QUALITATIVA
  • Keywords: estereotipagem; qualitative research; stereotyping; tuberculosis
  • Language: Português
  • Abstract: O adoecimento por tuberculose é um processo subjetivo e interpenetrado por saberes, discursos e práticas, produzidos histórico-culturalmente na vida social e nutridos em um interdiscurso (sobre a doença e o doente), que afeta o modo como o sujeito significa a sua experiência. Neste estudo, sustentamo-nos no arcabouço teórico-metodológico da análise de discurso de matriz francesa, que busca a compreensão dos processos de produção de sentidos, na relação da língua com sua exterioridade histórica e social. Partindo do pressuposto de que há uma constituição linguístico-histórica do sujeito discursivo, o estudo objetivou investigar como os discursos sobre a tuberculose afetam a (des)construção identitária do sujeito, que perpassa as constituições subjetivas em seu processo de adoecimento. Utilizando a abordagem qualitativa, foram realizadas dezesseis entrevistas registradas em áudio, no período de agosto a outubro de 2009, com sujeitos em tratamento de tuberculose em um hospital público do município de João Pessoa, Estado da Paraíba. O corpus de análise foi constituído pelas entrevistas transcritas mais as produções artísticas dos participantes como representações de seu processo de adoecimento. No gerenciamento do material de linguagem bruto, utilizou-se o Software Atlas.ti, que nos auxiliou no processo anterior às análises discursivas. O projeto deste estudo foi submetido à apreciação de um Comitê de Ética em Pesquisa, de acordo com as orientações da Resolução 196/96 do Conselho Nacional de Saúde. Ao relacionar a tuberculose a comportamentos excessivos, alcoolismo, fraqueza, vida urbana e drogadição, os sentidos produzidos pelos sujeitos entrevistados foram regidos por formações ideológicas que identificam a tuberculose como situação de desaprovação social. Observamos que as formações imaginárias, que remetem ao lugar dessesujeito doente como usuário do sistema de saúde produzem o seu apagamento, a sua interdição. Concluímos que a ênfase no simbólico, mediante os símbolos de estigma, que acentuam a visibilidade do doente de tuberculose como desviante ou sujeito \"especial\" é o mecanismo mais importante de manutenção da estigmatização da doença e do doente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.09.2012
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUZA, Káren Mendes Jorge de; PALHA, Pedro Fredemir. Discurso sobre a tuberculose: significância por e para sujeitos. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-07112012-155457/ >.
    • APA

      Souza, K. M. J. de, & Palha, P. F. (2012). Discurso sobre a tuberculose: significância por e para sujeitos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-07112012-155457/
    • NLM

      Souza KMJ de, Palha PF. Discurso sobre a tuberculose: significância por e para sujeitos [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-07112012-155457/
    • Vancouver

      Souza KMJ de, Palha PF. Discurso sobre a tuberculose: significância por e para sujeitos [Internet]. 2012 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-07112012-155457/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019