Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Localização subcelular das ataxinas-2 de Drosophila em resposta aos estresses térmico, oxidativo e nutricional (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GOMES, PAULA FERNANDA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBP
  • Subjects: DROSOPHILA; GENÉTICA MOLECULAR; ESTRESSE OXIDATIVO; PROTEÍNAS
  • Language: Português
  • Abstract: A ataxina-2 (dAtx2) de Drosophila pertence a uma família de proteínas conservadas evolutivamente cujo membro em humanos está associado com doenças neurodegenerativas. A função celular da ataxina-2 e sua implicação com essas patologias são pouco conhecidas, embora estudos em diferentes organismos indiquem que esta proteína esteja envolvida com regulação pós-transcricional. Estudos bioquímicos sugarem que semelhante à sua ortóloga em humanos dAtx2 tem um papel direto na síntese de proteínas. De modo interessante, recentemente foi demonstrado que a dAtx2 é necessária para repressão mediada por miRNA e interage geneticamente com componentes do complexo RISC e de P-bodies. Assim como o descrito para células de mamíferos, experimentas de imunolocalização em células S2R+ mostraram que dAtx2 localiza-se em grânulos de estresse em condições de estresse térmico, indicando que a participação da ataxina-2 na repressão da tradução durante o estresse é conservada em Drosophila. Considerando estas observações, neste trabalho investigamos o padrão de distribuição subcelular da ataxina-2 em ovários de Drosophila, em condições fisiológicos e em resposta a diferentes condições de estresse. Para isto utilizamos dois anticorpos policlonais: ‘alfa’-dAtx2_N, especifico para a isoforma dAtx2-B, e o ‘alfa’dAtx2_C, dirigido para um fragmento presente em ambas as isoformas B e C. Em condições fisiológicos, ‘alfa’-dAtx2_N e ‘alfa’-dAtx2_C apresentaram marcação citoplasmática difusa nas células nutridoras e foliculares, mais intensa no citoplasma do oócito de folículos pré-vitelogênicos, e com padrão reticulado em oócito de estágios pós-vitelogenicos. Analises bioquímicas utilizando ambos os anticorpos concordaram com a localização das ataxinas-2 no reticulo endoplasmático rugoso e polissomos. Em ovários submetidos a estresse térmico ou oxidativo, a marcação com‘alfa’-dAtx2_C concentra-se em focos citoplasmáticos que co-localizam-se com GFP-Me31B em quase 100% e com focos de YFP-DCP1 em cerca de 70%. Essa localização da ataxina-2 em focos é abolido pela presença de cicloheximida, uma droga que interfere na formação dos grânulos de estresse e dos P-bodies. Por outro lado, em condições de estresse nutricional, o padrão de marcação com a-dAtx2_C das células ovarianas mostrou-se essencialmente igual ao de ovários controle. No conjunto, os resultados obtidas indicam que as ataxinas-2 de Drosophila são retocadas para grânulos citoplasmáticos relacionados com grânulos de estresse e Pbodies em resposta ao estresse térmico ou oxidativo, mas não em resposta ao jejum, sugerindo que estas proteínas possam regular a tradução de diferentes conjuntos de mRNAs em resposta ao estresse celular
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.11.2012

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GOMES, Paula Fernanda; PAÇÓ-LARSON, Maria Luísa. Localização subcelular das ataxinas-2 de Drosophila em resposta aos estresses térmico, oxidativo e nutricional. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012.
    • APA

      Gomes, P. F., & Paçó-Larson, M. L. (2012). Localização subcelular das ataxinas-2 de Drosophila em resposta aos estresses térmico, oxidativo e nutricional. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Gomes PF, Paçó-Larson ML. Localização subcelular das ataxinas-2 de Drosophila em resposta aos estresses térmico, oxidativo e nutricional. 2012 ;
    • Vancouver

      Gomes PF, Paçó-Larson ML. Localização subcelular das ataxinas-2 de Drosophila em resposta aos estresses térmico, oxidativo e nutricional. 2012 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019