Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo da expressão dos genes de resistência a múltiplas drogas ABCB1, ABCC1 e ABCG2, em cães com linfoma multicêntrico, submetidos a três diferentes protocolos de tratamento antineoplásico (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RODRIGUES, LUCAS CAMPOS DE SÁ - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Subjects: EXPRESSÃO GÊNICA (ESTUDO); NEOPLASIAS EM ANIMAL (ESTUDO)
  • Keywords: ABCB1; ABCB1; ABCC1; ABCC1; ABCG2; ABCG2; Cães; Dogs; Linfoma; Lymphoma
  • Language: Português
  • Abstract: Um dos principais desafios no tratamento quimioterápico em seres humanos e animais é a resistência que as células neoplásicas apresentam, sendo esse mecanismo responsável por falhas no tratamento e recidivas da doença. A resistência pode ser intrínseca ou adquirida e ocorre em função da expressão de transportadores de membrana ABC, como a glicoproteína P (ABCB1/MDR), proteínas de resistência a múltiplas drogas (ABCC1/MRP) e proteína de resistência do câncer de mama (ABCG2/BCRP). O linfoma é a neoplasia hematopoiética mais comum em cães, altamente responsiva à quimioterapia, mas que recidiva durante o tratamento antineoplásico, sendo a resistência das células neoplásicas aos quimioterápicos um fator responsável pela alta taxa de recidiva e óbito dos animais. Neste estudo avaliou-se a expressão de genes relacionados à resistência a múltiplas drogas em cães com linfoma, no diagnóstico e na recidiva da doença, em três diferentes protocolos quimioterápicos utilizados na rotina clínica. A expressão dos genes ABCB1, ABCC1, ACBG2 foi determinada por RT-PCR (PCR em tempo real) em 25 animais naturalmente acometidos pela doença, divididos aleatoriamente em 3 grupos tratados com os protocolos quimioterápicos COP, VCM e Short-Madison, além de um "pool" controle constituído por linfonodos normais de oito animais. A expressão dos genes foi detectada em todas as amostras, tanto de linfonodos normais quanto de animais com linfoma. No diagnóstico da doença, a expressão do gene ABCC1foi relacionada negativamente com idade (p=0,008) e positivamente com duração da remissão (p=0,027) e sobrevida (p=0,007), entretanto para os genes ABCB1 e ABCG2 não houve diferença estatística significante. Na recidiva, a expressão dos genes não sofreu variação estatística significante em função do tipo e duração da remissão e sobrevida. Não houve variação na expressão dos genes ABCB1, ACBC1 e ABCG2 no momento da recidiva quando comparado ao protocolo quimioterápico utilizado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.01.2011
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMVZ11300056584T.2399 FMVZ
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RODRIGUES, Lucas Campos de Sá; LUCAS, Silvia Regina Ricci. Estudo da expressão dos genes de resistência a múltiplas drogas ABCB1, ABCC1 e ABCG2, em cães com linfoma multicêntrico, submetidos a três diferentes protocolos de tratamento antineoplásico. 2011.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-08102012-141346/ >.
    • APA

      Rodrigues, L. C. de S., & Lucas, S. R. R. (2011). Estudo da expressão dos genes de resistência a múltiplas drogas ABCB1, ABCC1 e ABCG2, em cães com linfoma multicêntrico, submetidos a três diferentes protocolos de tratamento antineoplásico. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-08102012-141346/
    • NLM

      Rodrigues LC de S, Lucas SRR. Estudo da expressão dos genes de resistência a múltiplas drogas ABCB1, ABCC1 e ABCG2, em cães com linfoma multicêntrico, submetidos a três diferentes protocolos de tratamento antineoplásico [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-08102012-141346/
    • Vancouver

      Rodrigues LC de S, Lucas SRR. Estudo da expressão dos genes de resistência a múltiplas drogas ABCB1, ABCC1 e ABCG2, em cães com linfoma multicêntrico, submetidos a três diferentes protocolos de tratamento antineoplásico [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-08102012-141346/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: