Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Detecção do DNA do Toxoplasma gondii no liquido cefalorraquiano de portadores de neurotoxoplasmose e síndrome da imunodeficiência adquirida (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ANSELMO, LIVIA MARIA PALA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: TOXOPLASMA GONDII; TOXOPLASMOSE; NEUROLOGIA; SÍNDROME DE IMUNODEFICIÊNCIA ADQUIRIDA
  • Language: Português
  • Abstract: A neurotoxoplasmose, causa mais frequente de lesões expansivas do sistema nervoso central (SNC) em portadores de síndrome de imunodeficiência adquirida (aids), mantém-se como um importante problema de saúde pública. O seu diagnóstico definitivo requer a identificação do Toxoplasma gondii em tecidos de biópsias e liquidas corporais. Assim, na prática clínica, seu diagnóstico é geralmente empírico, baseado na conjunção de achados clínicos, de neuroimagem, além da resposta favorável ao tratamento especifico. Portanto, o diagnóstico preciso de neurotoxoplasmose, ou a sua exclusão, torna-se extremamente importante para o desfecho clínico desses pacientes. Sendo assim, outros métodos de elevadas sensibilidade e especificidade são necessários. O Objetivo: deste estudo foi avaliar a sensibilidade e a especificidade do teste através da técnica PCR para detecção do DNA do Toxoplasma gondi, no liquido cefalorraquidiano LCR de pacientes com aids e suspeita clínica e radiológico de neurotoxoplasmose. Método de estudo: Neste estudo prospectivo, coletaram-se 83 LCR de pacientes com suspeitas clínicas e radiológicos de neutoxoplasmose, sendo 15 controles com o diagnóstico de outras doenças no SNC, realizou através da técnica de PCR Convencional e PCR em Tempo Real (corante Sybr Green) a detecção do DNA do T. gondii a partir do gene B 1. Os resultados da PCR foram 51 (61,45%) pacientes negativos para neurotoxoplasmose, 4 (4,82%) apresentaram o diagnóstico de falso negativo e 13 (15,66%) positivos para neutotoxoplasmose, confirmando o diagnóstico clínico e radiológico. Conclusão: Os dados mostraram que a sensibilidade do teste foi de 76,5% (IC 50,1 a 93,2%) e a especificidade de 100% (IC 94 a 100%); o valor preditivo negativo foi de 94,3% (IC 86,2 a 98,4%) e o valor preditivo positivo de 100% (75,3 a 100%). Sendo assim, a PCR Convencional e a PCR em Tempo Real contribuíram para um rápidodiagnóstico e tratamento desses pacientes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.12.2012

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200065165Anselmo, Livia Maria Pala
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ANSELMO, Livia Maria Pala; TAKAYANAGUI, Osvaldo Massaiti. Detecção do DNA do Toxoplasma gondii no liquido cefalorraquiano de portadores de neurotoxoplasmose e síndrome da imunodeficiência adquirida. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012.
    • APA

      Anselmo, L. M. P., & Takayanagui, O. M. (2012). Detecção do DNA do Toxoplasma gondii no liquido cefalorraquiano de portadores de neurotoxoplasmose e síndrome da imunodeficiência adquirida. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Anselmo LMP, Takayanagui OM. Detecção do DNA do Toxoplasma gondii no liquido cefalorraquiano de portadores de neurotoxoplasmose e síndrome da imunodeficiência adquirida. 2012 ;
    • Vancouver

      Anselmo LMP, Takayanagui OM. Detecção do DNA do Toxoplasma gondii no liquido cefalorraquiano de portadores de neurotoxoplasmose e síndrome da imunodeficiência adquirida. 2012 ;