Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Repercussões do exercício físico resistido periodizado em mulheres portadoras de anovulação hiperandrogênica no tamanho do telômero (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RAMOS, FABIENE KARINE PICCHI - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGO
  • Subjects: SÍNDROME DO OVÁRIO POLICÍSTICO; CONDICIONAMENTO FÍSICO; ANDRÓGENOS; CROMOSSOMOS; COMPOSIÇÃO CORPORAL
  • Language: Português
  • Abstract: A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) é uma endocrinopatia comum na mulher em idade reprodutiva, caracterizada por irregularidade menstrual, anovulação crônica e hiperandrogenismo. Vários distúrbios metabólicos estão associados à SOP e tem sido sugerido que mudanças no estilo de vida, como a redução de peso e a prática de exercícios físicos regulares, são bases da terapêutica de tais distúrbios e tem efeitos positivos no tratamento da SOP. Dentre os distúrbios metabólicos presentes na SOP, a resistência à insulina tem sido sugerida como um fator que possa interferir no comprimento telomérico. Os Telômeros são nucleoproteinas que formam as extremidades dos cromossomos de eucariotos, e são responsáveis por manter a estabilidade estrutural e proteger contra degradação. Essas extremidades constituem excelente marcador de envelhecimento celular, tendo seu comprimento reduzido a cada divisão mitótica. O encurtamento do telômero limita a proliferação celular e pode contribuir para o desenvolvimento de doenças de falência tissular e podendo estar associado à SOP ou aos distúrbios metabólicos a ela associados. O objetivo deste trabalho foi avaliar as modificações metabólicas e a composição corporal em pacientes com SOP e controle, antes e após a intervenção com exercícios físicos resistidos, bem como verificar a interferência dessa intervenção no tamanho do telômero e correlacionar com as alterações metabólicas. Para tanto, foram incluídas no estudo 47 mulheres com IMC = 18 – ‘< OU =’ 39.9 Kg/ ‘m POT. 2’ , sendo 18 mulheres com SOP e 29 mulheres com ciclos menstruais ovulatórios (controle). Para o treinamento físico resistido (TFR) foi utilizado um treinamento periodizado de quatro meses precedido por exames físicos, processo de adaptação e por um teste de força máxima de 1 RM (resistência máxima). A composição corporal foi determinadaatravés de bioimpedância elétrica e da densitometria óssea e foram feitas dosagens de testosterona, glicose e insulina antes e após o treinamento. Para a determinaç 1 RM (resistência máxima). A composição corporal foi determinada ão do comprimento do telômero foi realizada a técnica PCR quantitativo em tempo real. Os resultados evidenciaram diferenças estatisticamente significativas no grupo SOP em relação ao grupo controle na variável circunferência de cintura após o treinamento (p<0,008). Quando analisamos o efeito do treinamento, sem distinção de grupos, observamos diferença estatisticamente significativa nas variáveis circunferência de cintura (p< 0,003), massa magra (p< 0,048), massa magra e composição mineral óssea (p <0,048), prolactina (p< 0,032), androstenediona (p< 0,003), insulina (p< 0,04). Em relação ao comprimento do telômero, foi encontrado um aumento deste, após o TFR tanto no grupo controle quanto no grupo SOP, porém esse resultado não foi estatisticamente significante (p <0,051). Porém quando esses dados foram ajustados com idade, IMC e HOMA, avaliando o efeito do TFR, houve um aumento do comprimento telomérico (p< 0,04). Tais resultados sugerem que o TFR trouxe benefícios a pacientes de ambos os grupos, não só nas modificações metabólicas e hormonais, como também em relação ao comprimento do telômero nessas pacientes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.12.2012

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200065157Ramos, Fabiene Karine Picchi
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RAMOS, Fabiene Karine Picchi; REIS, Rosana Maria dos. Repercussões do exercício físico resistido periodizado em mulheres portadoras de anovulação hiperandrogênica no tamanho do telômero. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012.
    • APA

      Ramos, F. K. P., & Reis, R. M. dos. (2012). Repercussões do exercício físico resistido periodizado em mulheres portadoras de anovulação hiperandrogênica no tamanho do telômero. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Ramos FKP, Reis RM dos. Repercussões do exercício físico resistido periodizado em mulheres portadoras de anovulação hiperandrogênica no tamanho do telômero. 2012 ;
    • Vancouver

      Ramos FKP, Reis RM dos. Repercussões do exercício físico resistido periodizado em mulheres portadoras de anovulação hiperandrogênica no tamanho do telômero. 2012 ;