Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Influência dos antirretrovirais zidovudina, lamivudina, lopinavir e ritonavir na transferência placentária e na distribuição no liquido amniótico dos enantiômeros da bupivacaina em humanos (2012)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RIBEIRO, RODRIGO METZKER PEREIRA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGO
  • Subjects: PLACENTA (TRANSFERÊNCIA); ANTIVIRAIS; SÍNTESE QUÍMICA
  • Language: Português
  • Abstract: Como o número de novos casos de infecção pelo virás da imunodeficiência humana (HIV) em gestantes tem aumentado é essencial que haja estudos sobre a transferência placentária de drogas e suas interferências com outras medicações. Devido à interação dos antirretrovirais (ARV) com a glicoproteina-P (P-gp) inibindo a sua função torna-se necessário a criação de modelos que possam avaliar adequadamente os efeitos dessa inibição no território placentário e fetal, variáveis de extrema importância na pratica clinica. A bupivacaína (BUP) é substrato da P-gp, sendo considerada como o anestésico local mais utilizado em obstetrícia. Ela é comercializada sob a forma racêmica dos enantiômeros R(+) e S(-) BUP. Sua administração requer cautela devido ao seu perfil tóxico e é substrato da P-gp. Baseado em tais evidências, D objetivo deste estudo foi avaliar se o uso de antirretrovirais (ARV) inibidores da P-gp em gestantes portadoras do HIV altera a enantiosseletividade da transferência placentária da BUP utilizada em procedimentos anestésicos para cesáreas, promovendo maiores concentrações deste fármaco no compartimento fetal e no liquido amniótico. Foram investigados dois grupos compostos por 24 parturientes, sendo um grupo de portadoras do HIV (grupo de estudo) e outro de não portadoras deste vírus (grupo controle). Todas foram submetidas a parto cesáreo e anestesia peridural com BUP em concentrações pré-estabelecidas. Foram coletadas amostras do sangue materno e do sangue arterial e venoso do cordão umbilical. Também foram coletadas amostras do liquido amniótico para a avaliação da distribuição dos enantiômeros da BUP neste compartimento. Os enantiômeros da BUP foram analisados por cromatografia liquida com espectrometria de massas (LC-MS/MS). Os enantiômeros foram separados em coluna com fase estacionária quiral (Chirex® 3020). A concentração dos enantiômerosno plasma materno foi de 172,7 para (+)-(R)-BUP e 237,6 para (-)-(S)BUP do grupo controle. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa do HCFMRP - USP. Para o grupo de estudo a concentração materna dos enantiômeros (+)-(R) e (-)-(S)-BUP foi de 155,6 e 242,4, respectivamente. A concentração dos enantiômeros da (+)-(R) e (-)-(S)-BUP na veia umbilical dos fetos do grupo controle foram de 34.0 e 60.0 ng/mL, respectivamente. Para o grupo de estudo a concentração na veia umbilical foi de 55.3 e 100.3, respectivamente para os enantiômeros (+)-(R) e (-)-(S)-BUP. A taxa de transferência placentária dos enatiômeros (+)-(R) e (-)-(S)-BUP nas pacientes do grupo controle foram de 24% para ambos. Para o grupo de estudo a taxa de transferência placentária foi de 58% para a (+)-(R)-BUP e 52% para a (-)-(S)-BUP. Não se verificou influência estatisticamente significativa dos ARV na distribuição do anestésico no liquido amniótico. O teste de Wilcoxon (p<0,05) foi utilizado para avaliar a diferença entre os enantiômeros para dados não pareados e o teste de Mann-Whitney foi utilizado para os testes pareados (p<0,05). Esses resultados permitem concluir que a taxa de transferência placentária dos enantiômeros da BUP foi 2,4 vezes maior para o enantiômero (+)-(R)-BUP e 2,16 para o (-)-(S)-BUP entre as gestantes portadoras do HIV quando comparadas àquelas do grupo controle, demonstrando que a inibição da P-gp aumentou significativamente a taxa de transferência do anestésico
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.12.2012

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200065176Ribeiro, Metzker Rodrigo Pereira
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RIBEIRO, Metzker Rodrigo Pereira; DUARTE, Geraldo. Influência dos antirretrovirais zidovudina, lamivudina, lopinavir e ritonavir na transferência placentária e na distribuição no liquido amniótico dos enantiômeros da bupivacaina em humanos. 2012.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2012.
    • APA

      Ribeiro, M. R. P., & Duarte, G. (2012). Influência dos antirretrovirais zidovudina, lamivudina, lopinavir e ritonavir na transferência placentária e na distribuição no liquido amniótico dos enantiômeros da bupivacaina em humanos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Ribeiro MRP, Duarte G. Influência dos antirretrovirais zidovudina, lamivudina, lopinavir e ritonavir na transferência placentária e na distribuição no liquido amniótico dos enantiômeros da bupivacaina em humanos. 2012 ;
    • Vancouver

      Ribeiro MRP, Duarte G. Influência dos antirretrovirais zidovudina, lamivudina, lopinavir e ritonavir na transferência placentária e na distribuição no liquido amniótico dos enantiômeros da bupivacaina em humanos. 2012 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: