Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Metrics


Metrics:

Estudo experimental sobre a eficiência e segurança da manobra de hiperinsuflação manual como técnica de remoção de secreção (2013)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CARVALHO, CARLOS ROBERTO RIBEIRO DE - FM
  • USP Schools: FM
  • DOI: 10.1590/S1806-37132013000200012
  • Subjects: FISIOTERAPIA (TÉCNICAS;MÉTODOS); TERAPIA RESPIRATÓRIA; RESPIRAÇÃO COM PRESSÃO POSITIVA; RESPIRAÇÃO ARTIFICIAL
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo: Avaliar, em um modelo pulmonar simulando um paciente sob ventilação mecânica, a eficiência e a segurança da manobra de hiperinsuflação manual (HM) com o intuito de remover secreção pulmonar. Métodos: Oito fisioterapeutas utilizaram um ressuscitador manual autoinflável para realizar HM com o objetivo de remover secreções, em duas condições: conforme rotineiramente aplicada durante sua prática clínica, e após receberem instruções verbais baseadas em recomendações de especialistas. Três cenários clínicos foram simulados: função pulmonar normal, doença pulmonar restritiva e doença pulmonar obstrutiva. Resultados: Antes da instrução, o uso de duas compressões sequenciais do ressuscitador era comum, e a pressão proximal (Pprox) foi mais alta em relação à obtida após a instrução. Entretanto, a pressão alveolar (Palv) nunca excedeu 42,5 cmH2O (mediana, 16,1; intervalo interquartil [IQ], 11,7-24,5), mesmo com valores de Pprox de até 96,6 cmH2O (mediana, 36,7; IQ, 22,9-49,4). O volume corrente (VC) gerado foi relativamente pequeno (mediana, 640 mL; IQ, 505-735) e o pico de fluxo inspiratório (PFI) geralmente excedeu o pico de fluxo expiratório (PFE): 1,37 L/s (IQ, 0,99-1,90) e 1,01 L/s (IQ, 0,55-1,28), respectivamente. Uma relação PFI/PFE < 0,9 (que teoricamente favorece a migração do muco em direção às vias aéreas centrais) foi obtida em somente 16,7% das manobras. Conclusões: Nas condições testadas, a HM gerou valores seguros de Palv mesmo com altas Pprox. Entretanto, a HM foi comumente realizada de um modo que não favorecia a remoção de secreção (PFI excedendo PFE) mesmo após a instrução. A relação PFI/PFE desfavorável foi explicada pelas insuflações rápidas e o baixo VC
  • Imprenta:
  • Source:
  • Acesso online ao documento

    DOI or search this record in
    Informações sobre o DOI: 10.1590/S1806-37132013000200012 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc
    Versões disponíveis em Acesso Aberto do: 10.1590/S1806-37132013000200012 (Fonte: Unpaywall API)

    Título do periódico: Jornal Brasileiro de Pneumologia

    ISSN: 1806-3713

    • Melhor URL em Acesso Aberto:


    • Outras alternativas de URLs em Acesso Aberto:


        • Página do artigo
        • Evidência: oa journal (via doaj)
        • Licença: cc-by-nc
        • Versão: publishedVersion
        • Tipo de hospedagem: publisher




    Informações sobre o Citescore
  • Título: Jornal Brasileiro de Pneumologia

    ISSN: 1806-3713

    Citescore - 2017: 0.96

    SJR - 2017: 0.448

    SNIP - 2017: 0.58


  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FM2387375-10BCSEP 092 2013
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ORTIZ, Tatiana de Arruda; FORTI, Germano; VOLPE, Márcia Souza; et al. Estudo experimental sobre a eficiência e segurança da manobra de hiperinsuflação manual como técnica de remoção de secreção. Jornal Brasileiro de Pneumologia, Ribeirão Preto, v. 39, n. 2, p. 205-213, 2013. DOI: 10.1590/S1806-37132013000200012.
    • APA

      Ortiz, T. de A., Forti, G., Volpe, M. S., Carvalho, C. R. R., Amato, M. B. P., & Tucci, M. R. (2013). Estudo experimental sobre a eficiência e segurança da manobra de hiperinsuflação manual como técnica de remoção de secreção. Jornal Brasileiro de Pneumologia, 39( 2), 205-213. doi:10.1590/S1806-37132013000200012
    • NLM

      Ortiz T de A, Forti G, Volpe MS, Carvalho CRR, Amato MBP, Tucci MR. Estudo experimental sobre a eficiência e segurança da manobra de hiperinsuflação manual como técnica de remoção de secreção. Jornal Brasileiro de Pneumologia. 2013 ; 39( 2): 205-213.
    • Vancouver

      Ortiz T de A, Forti G, Volpe MS, Carvalho CRR, Amato MBP, Tucci MR. Estudo experimental sobre a eficiência e segurança da manobra de hiperinsuflação manual como técnica de remoção de secreção. Jornal Brasileiro de Pneumologia. 2013 ; 39( 2): 205-213.

    Referências citadas na obra
    Autor: Denehy L
    Título: The use of manual hyperinflation in airway clearance
    Título do periódico: Eur Respir J
    Volume: 14
    Fascículo: 4
    Primeira página: 958
    Ano: 1999
    DOI: 10.1034/j.1399-3003.1999.14d38.x
    Autor: Paulus F
    Título: Benefits and risks of manual hyperinflation in intubated and mechanically ventilated intensive care unit patients: a systematic review
    Título do periódico: Crit Care
    Volume: 16
    Fascículo: 4
    Primeira página: R145
    Ano: 2012
    DOI: 10.1186/cc11457
    Autor: Branson RD
    Título: Secretion management in the mechanically ventilated patient
    Título do periódico: Respir Care
    Volume: 52
    Fascículo: 10
    Primeira página: 1328
    Ano: 2007
    Autor: Paulus F
    Título: Manual hyperinflation of intubated and mechanically ventilated patients in Dutch intensive care units--a survey into current practice and knowledge
    Título do periódico: Intensive Crit Care Nurs
    Volume: 25
    Fascículo: 4
    Primeira página: 199
    Ano: 2009
    DOI: 10.1016/j.iccn.2009.04.003
    Autor: Paulus F
    Título: Performance of manual hyperinflation: a skills lab study among trained intensive care unit nurses
    Título do periódico: Med Sci Monit
    Volume: 15
    Fascículo: 8
    Primeira página: CR418
    Ano: 2009
    Autor: Gosselink R
    Título: Physiotherapy for adult patients with critical illness: recommendations of the European Respiratory Society and European Society of Intensive Care Medicine Task Force on Physiotherapy for Critically Ill Patients
    Título do periódico: Intensive Care Med
    Volume: 34
    Fascículo: 7
    Primeira página: 1188
    Ano: 2008
    DOI: 10.1007/s00134-008-1026-7
    Autor: Dennis D
    Título: Ventilator versus manual hyperinflation in clearing sputum in ventilated intensive care unit patients
    Título do periódico: Anaesth Intensive Care
    Volume: 40
    Fascículo: 1
    Primeira página: 142
    Ano: 2012
    Autor: Nozawa E
    Título: Perfil de fisioterapeutas brasileiros que atuam em unidades de terapia intensiva
    Título do periódico: Fisioter Pesqui
    Volume: 15
    Fascículo: 2
    Primeira página: 177
    Ano: 2008
    DOI: 10.1590/S1809-29502008000200011
    Autor: França EE
    Título: Physical therapy in critically ill adult patients: recommendations from the Brazilian Association of Intensive Care Medicine Department of Physical Therapy
    Título do periódico: Rev Bras Ter Intensiva
    Volume: 24
    Fascículo: 1
    Primeira página: 6
    Ano: 2012
    Autor: Berti JS
    Título: Manual hyperinflation combined with expiratory rib cage compression for reduction of length of ICU stay in critically ill patients on mechanical ventilation
    Título do periódico: J Bras Pneumol
    Volume: 38
    Fascículo: 4
    Primeira página: 477
    Ano: 2012
    Autor: Hodgson C
    Título: An investigation of the early effects of manual lung hyperinflation in critically ill patients
    Título do periódico: Anaesth Intensive Care
    Volume: 28
    Fascículo: 3
    Primeira página: 255
    Ano: 2000
    Autor: Maxwell L
    Título: The effects of three manual hyperinflation techniques on pattern of ventilation in a test lung model
    Título do periódico: Anaesth Intensive Care
    Volume: 30
    Fascículo: 3
    Primeira página: 283
    Ano: 2002
    Autor: Maxwell LJ
    Título: Pattern of ventilation during manual hyperinflation performed by physiotherapists
    Título do periódico: Anaesthesia
    Volume: 62
    Fascículo: 1
    Primeira página: 27
    Ano: 2007
    DOI: 10.1111/j.1365-2044.2006.04898.x
    Autor: Maxwell LJ
    Título: The effect of circuit type, volume delivered and "rapid release" on flow rates during manual hyperinflation
    Título do periódico: Aust J Physiother
    Volume: 49
    Fascículo: 1
    Primeira página: 31
    Ano: 2003
    DOI: 10.1016/S0004-9514(14)60186-0
    Autor: McCarren B
    Título: Manual hyperinflation: a description of the technique
    Título do periódico: Aust J Physiother
    Volume: 42
    Fascículo: 3
    Primeira página: 203
    Ano: 1996
    DOI: 10.1016/S0004-9514(14)60387-1
    Autor: Rusterholz B
    Título: The effect of lung compliance and experience on manual hyperinflation
    Título do periódico: Aust J Physiother
    Volume: 44
    Fascículo: 1
    Primeira página: 23
    Ano: 1998
    Autor: Turki M
    Título: Peak pressures during manual ventilation
    Título do periódico: Respir Care
    Volume: 50
    Fascículo: 3
    Primeira página: 340
    Ano: 2005
    Autor: Stiller K
    Título: Physiotherapy in intensive care: towards an evidence-based practice
    Título do periódico: Chest
    Volume: 118
    Fascículo: 6
    Primeira página: 1801
    Ano: 2000
    DOI: 10.1378/chest.118.6.1801
    Autor: Kim CS
    Título: Mucus clearance by two-phase gas-liquid flow mechanism: asymmetric periodic flow model
    Título do periódico: J Appl Physiol
    Volume: 62
    Fascículo: 3
    Primeira página: 959
    Ano: 1987
    Autor: Benjamin RG
    Título: Removal of bronchial secretions by two-phase gas-liquid transport
    Título do periódico: Chest
    Volume: 95
    Fascículo: 3
    Primeira página: 658
    Ano: 1989
    DOI: 10.1378/chest.95.3.658
    Autor: Volpe MS
    Título: Ventilation patterns influence airway secretion movement
    Título do periódico: Respir Care
    Volume: 53
    Fascículo: 10
    Primeira página: 1287
    Ano: 2008
    Autor: Clement AJ
    Título: Chest physiotherapy by the 'bag squeezing' method: a guide to technique
    Título do periódico: Physiotherapy
    Volume: 54
    Fascículo: 10
    Primeira página: 355
    Ano: 1968
    Autor: Singer M
    Título: Hemodynamic effects of manual hyperinflation in critically ill mechanically ventilated patients
    Título do periódico: Chest
    Volume: 106
    Fascículo: 4
    Primeira página: 1182
    Ano: 1994
    DOI: 10.1378/chest.106.4.1182
    Autor: Berney S
    Título: Head-down tilt and manual hyperinflation enhance sputum clearance in patients who are intubated and ventilated
    Título do periódico: Aust J Physiother
    Volume: 50
    Fascículo: 1
    Primeira página: 9
    Ano: 2004
    DOI: 10.1016/S0004-9514(14)60243-9
    Autor: Rodrigues MV
    Ano: 2007
    Autor: Patman S
    Título: Manual hyperinflation: consistency and modification of the technique by physiotherapists
    Título do periódico: Physiother Res Int
    Volume: 6
    Fascículo: 2
    Primeira página: 106
    Ano: 2001
    DOI: 10.1002/pri.219
    Autor: Berney S
    Título: A comparison of the effects of manual and ventilator hyperinflation on static lung compliance and sputum production in intubated and ventilated intensive care patients
    Título do periódico: Physiother Res Int
    Volume: 7
    Fascículo: 2
    Primeira página: 100
    Ano: 2002
    DOI: 10.1002/pri.246
    Autor: D'Angelo E
    Título: Effects of bronchomotor tone and gas density on time dependence of forced expiratory vital capacity maneuver
    Título do periódico: Am J Respir Crit Care Med
    Volume: 154
    Fascículo: 5
    Primeira página: 1318
    Ano: 1996
    DOI: 10.1164/ajrccm.154.5.8912742
    Autor: Dias CM
    Título: Bronchial hygiene technique with manual hyperinflation and thoracic compression: effectiveness and safety
    Título do periódico: Rev Bras Ter Intensiva
    Volume: 23
    Fascículo: 2
    Primeira página: 190
    Ano: 2011
    Autor: Savian C
    Título: Comparison of the effectiveness of manual and ventilator hyperinflation at different levels of positive end-expiratory pressure in artificially ventilated and intubated intensive care patients
    Título do periódico: Heart Lung
    Volume: 35
    Fascículo: 5
    Primeira página: 334
    Ano: 2006
    DOI: 10.1016/j.hrtlng.2006.02.003