Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Desempenho produtivo e resíduos no leite de vacas suplementadas com monensina sódica nas rações (2011)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTOS, MAYARA CLEPF BAILONI - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VNP
  • Subjects: NUTRIÇÃO ANIMAL; PECUÁRIA LEITEIRA; PRODUÇÃO ANIMAL
  • Keywords: Dairy cows; Digestibilidade aparente total; Milk yield and milk composition; Monensina sódica; Produção e composição do leite; Residues in milk; Resíduos no leite; Sodic monensin; Total apparent digestibility; Vacas leiteiras
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste estudo foi avaliar diferentes concentrações de monensina sódica na ração de vacas em lactação e seus efeitos sobre o consumo e digestibilidade aparente total da matéria seca e dos nutrientes, produção e composição do leite, fermentação ruminal, síntese de proteína microbiana, parâmetros sanguíneos e resíduos de monensina no leite. Foram utilizadas 12 vacas da raça Holandesa, distribuídas em três quadrados latinos 4x4 balanceados, alimentadas com as seguintes rações: 1) Controle (C), composto por ração basal sem adição de monensina, 2) Monensina 12 (M12), adição de 12 mg/kg MS de monensina na ração, adicionada ao concentrado, 3) Monensina 24 (M24), adição de 24 mg/kg MS de monensina na ração, adicionada ao concentrado e 4) Monensina 48 (M48), adição de 48 mg/kg MS de monensina, adicionada ao concentrado. A produção de leite e o consumo de matéria seca foram mensurados diariamente durante todo o período experimental. As amostras utilizadas para análise da composição do leite foram coletadas no 16o dia de cada período experimental, sendo provenientes das duas ordenhas diárias. As amostras de sangue foram coletadas em tubos vacuolizados por punção da veia e/ou artéria coccígea. As amostras de líquido ruminal foram coletadas com a utilização de sonda esofágica três horas após a alimentação matinal. A digestibilidade foi determinada por meio de indicador interno FDAi. Houve efeito linear decrescente do consumo de matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta,extrato etéreo, carboidratos totais, fibra detergente neutro, carboidratos não fibrosos e nutrientes digestíveis totais. Não houve diferença na digestibilidade aparente total da matéria seca e dos nutrientes em função das rações experimentais, excetuando-se a digestibilidade aparente total da proteína bruta e fibra detergente neutro, que foram observados efeitos linear crescente e decrescente, respectivamente. Não houve efeito das rações experimentais sobre os valores de pH ruminal. A suplementação com monensina sódica nas dietas resultou em alteração da proporção molar de propionato no líquido ruminal, além de diminuir a relação acetato:propionato. As rações contendo monensina sódica apresentaram maior proporção molar de propionato e menor de acetato em relação à ração controle, e, de forma semelhante, apresentaram menor relação acetato:propionato. Não houve efeito das dietas experimentais nas excreções diárias totais de urina, de alantoína e de acido úrico na urina, e de derivados de purinas totais. Não houve diferença na porcentagem de alantoína nos derivados de purina, das purinas absorvidas e do nitrogênio microbiano para as rações experimentais. Foi observado aumento de produção de leite para as vacas alimentadas com as concentrações intermediárias de monensina sódica nas rações. Não houve efeito da adição de monensina sódica nas rações sobre os parâmetros sangüíneos glicose, colesterol total, proteína total, albumina, aspartato aminotransferase eΥ-glutamiltransferase. Foi observado efeito linear crescente com a adição de monensina sódica nas rações sobre a uréia e nitrogênio uréico do soro. Os resíduos de monensina sódica detectados no leite estão dentro do limite máximo estabelecido pela FAO/WHO. A utilização de monensina sódica nas rações de vacas leiteiras no terço médio de lactação influencia o desempenho produtivo dependendo da dose utilizada, e não resulta em resíduos no leite independentemente da dose utilizada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.12.2011
  • Acesso online ao documento

    Acesso à fonte or search this record in

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Mayara Clepf Bailoni; RENNÓ, Francisco Palma. Desempenho produtivo e resíduos no leite de vacas suplementadas com monensina sódica nas rações. 2011.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2011. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-16032012-135914/ >.
    • APA

      Santos, M. C. B., & Rennó, F. P. (2011). Desempenho produtivo e resíduos no leite de vacas suplementadas com monensina sódica nas rações. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-16032012-135914/
    • NLM

      Santos MCB, Rennó FP. Desempenho produtivo e resíduos no leite de vacas suplementadas com monensina sódica nas rações [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-16032012-135914/
    • Vancouver

      Santos MCB, Rennó FP. Desempenho produtivo e resíduos no leite de vacas suplementadas com monensina sódica nas rações [Internet]. 2011 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-16032012-135914/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019