Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Investigação da participação do inflamassoma na gênese da dor inflamatória (2013)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LOPES, ALEXANDRE HASHIMOTO PEREIRA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFA
  • Subjects: DOR; INFLAMAÇÃO; RECEPTORES CELULARES; ANTAGONISTAS; NOCICEPTORES
  • Keywords: ASC; Carrageenan; Carragenina; Caspase-1; Dor inflamatória; IL-1B; Inflamassoma; Inflammasome; Inflammatory pain; NLRP3; NLRC4
  • Language: Português
  • Abstract: A hiperalgesia inflamatória é o processo pelo qual ocorre a sensibilização dos neurônios nociceptores aferentes primários por mediadores químicos inflamatórios, gerando assim uma diminuição do limiar nociceptivo e como consequência episódios de dor. Entre os principais mediadores envolvidos com a sensibilização das fibras nociceptivas periféricas está a prostaglandina E2 (PGE2), que é liberada como um produto final de uma cascata de mediadores inflamatórios. Dentro desta cascata de liberação hierárquica podemos destacar a interleucina -1‘beta’ (IL)-1‘beta’, uma citocina importante na génese da dor inflamatória, devido à sua capacidade de induzir a produção da enzima cicloxigenase-2 (COX-2), e consequentemente PGE2. O mecanismo de controle da produção da IL-1 ‘beta’ envolvem dois passos intracelulares: a indução da expressão de uma forma proteica inativa (a pró-IL-1‘beta’) e a geração da forma biologicamente ativa (IL-1‘beta’) a partir da pró-IL-1 ‘beta’. Este último passo envolve a ação de uma cisteína-protease ativada em decorrência de um processo inflamatório, conhecida como Caspase-1, a qual cliva a pró-IL-1‘beta’ em IL-1‘beta’. Recentemente, nosso grupo demonstrou que a Caspase-1 tem um papel importante na gênese da dor inflamatória, sendo crucial para a geração de IL-1‘beta’ e consequentemente COX2/PGE2. Porém, não são conhecidos os mecanismos de ativação da caspase-1 na hiperalgesia inflamatória. Sabe-se que a ativação da Caspase-1 e clivagem da pro-IL-1‘beta’ são dependentes de uma plataforma molecular intracelular denominada inflamassoma. Os principais inflamassomas ativadores de caspase-1 são formados pelas proteínas NLRP3, IPAF (NLRC4) e por sua molécula adaptadora ASC. O objetivo desse trabalho então foi avaliar a participação do inflamassoma na génese da dor inflamatória. Nós identificamos que as moléculasIPAF e ASC, mas não o NLRP3, participa no desenvolvimento da hiperalgesia inflamatória mecânica e térmica induzida pela carragenina. Observou-se que estas moléculas são cruciais para a ativação da Caspase-1 e, consequentemente, para a produção da IL-1‘beta’ ativa. Estes resultados evidenciam pela primeira vez um papel importante do inflamassoma no desenvolvimento da hiperalgesia inflamatória
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.02.2013
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200065652Lopes, Alexandre Hashimoto Pereira
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LOPES, Alexandre Hashimoto Pereira; CUNHA, Thiago Mattar. Investigação da participação do inflamassoma na gênese da dor inflamatória. 2013.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2013. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17133/tde-25052018-163820/ >.
    • APA

      Lopes, A. H. P., & Cunha, T. M. (2013). Investigação da participação do inflamassoma na gênese da dor inflamatória. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17133/tde-25052018-163820/
    • NLM

      Lopes AHP, Cunha TM. Investigação da participação do inflamassoma na gênese da dor inflamatória [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17133/tde-25052018-163820/
    • Vancouver

      Lopes AHP, Cunha TM. Investigação da participação do inflamassoma na gênese da dor inflamatória [Internet]. 2013 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17133/tde-25052018-163820/